Mostra de Cinema Português na Rússia

Mostra de Cinema Português na Rússia
Maria do Mar de João Rosas

07.12.2016

De 7 a 11 de dezembro, o Instituto Camões apresenta em Moscovo uma Mostra de Cinema Português que inclui as curtas-metragens “Viagem” de José Magro, “Maria do Mar” de João Rosas, “Gambozinos” de João Nicolau e “Canto dos 4 Caminhos” de Nuno Amorim. O festival segue, depois, para São Petersburgo de 14 a 18 de dezembro.

20º Festival de Cinema Luso Brasileiro

20º Festival de Cinema Luso Brasileiro
"António, Lindo António" de Ana Maria Gomes

30.11.2016

“António, Lindo António” de Ana Maria Gomes, “Penúmbria” de Eduardo Brito e “À Noite Fazem Amigos” de Rita Barbosa vão integrar a secção oficial competitiva do 20º Festival de Cinema Luso Brasileiro de 4 a 11 de dezembro. Fora de competição, serão exibidas, no programa Vintage, as curtas “China, China” de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, “Stokkur” de João Salaviza, “Corrente“de Rodrigo Areias, “O Coveiro” de André Gil Mata, “Carosello” de Jorge Quintela e “O Inferno” de Carlos Conceição. Na sessão especial dedicada a Regina Pessoa, o festival apresenta “A Noite”, “História Trágica com um Final Feliz” e “Kali, o Pequeno Vampiro.”

O Dia Mais Curto - 4ª Edição

O Dia Mais Curto - 4ª Edição
O Dia Mais Curto 2016

28.11.2016

Inspirada no Solstício de Inverno, O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem, decorre durante todo o mês de dezembro, com incidência no dia 21, levando sessões de cinema a 34 localidades de norte a sul do país, passando também pelos arquipélagos.

Todos os anos, por volta do dia 21 de dezembro, o hemisfério norte entra na estação mais fria devido ao Solstício de Inverno, naquele que é o dia mais curto do ano. Este fenómeno astronómico inspirou a criação da festa que celebra o cinema no formato curto: O Dia Mais Curto. A ideia, que nasceu em França, rapidamente alcançou uma dimensão internacional sendo, atualmente, celebrada em simultâneo em dezenas de países. Em Portugal, o evento é organizado pelo quarto ano consecutivo pela Agência da Curta Metragem e vai percorrer novamente o país de norte a sul.

Abrantes, Albufeira, Almada, Amadora, Amarante, Barcelos, Braga, Cascais, Castro Verde, Coimbra, Constância, Elvas, Évora, Faro, Funchal, Guarda, Guimarães, Lajes do Pico, Leça da Palmeira, Leiria, Lisboa, Maia, Matosinhos, Oeiras, Ponta Delgada, Ponta do Sol, Porto, Sardoal, Setúbal, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia, Vila Real e Viseu vão receber uma seleção de curtas-metragens, nacionais e internacionais, para adultos e crianças, nos mais variados locais de projeção. Para além das salas de cinema, algumas sessões terão lugar em espaços inesperados como a piscina do Santana Hotel & SPA, em Vila do Conde, onde será possível assistir à sessão dentro de água, as carruagens e estações do Metro do Porto, as lojas Fnac, ou na Internet e televisão.

Os vários programadores associaram-se a esta iniciativa através de sessões próprias ou dos quatro programas propostos pela Agência da Curta Metragem. Elaborada em colaboração com a rede europeia Short Circuit, a sessão “Europa em Curtas” apresenta um conjunto de filmes europeus recentes que se destacaram nos principais festivais internacionais de cinema. É uma viagem pela Europa através de sete curtas-metragens com temas tão diversos como a poesia e a dependência, ou tão importantes quanto conceito de fronteira. O programa “Panorama Nacional” revela o melhor da produção portuguesa através das obras de jovens autores como Gabriel Abrantes, Simão Cayatte, Eduardo Brito e Ana Maria Gomes e das histórias que têm para contar. A pensar nas famílias, “Curtinhas em Dezembro” é uma proposta da Casa da Animação e inclui um conjunto de pequenas histórias repletas de aventura, peripécias e personagens únicas, mas também de reflexões sobre a solidão e o caminho certo a seguir. “Papel de Natal e Outras Histórias” celebra o espírito natalício através de pequenos contos para os mais novos sem esquecer a vertente pedagógica.

A Cinemateca Portuguesa e o Cineclube do Porto recebem sessões especiais do evento, no dia 21 e 22 de dezembro respetivamente, apresentando programas que destacam a produção nacional.

Este ano, O Dia Mais Curto também acontece na Internet. Entre os dias 14 e 21 de dezembro, a Agência da Curta Metragem disponibiliza cinco filmes portugueses, galardoados internacionalmente, para visualização gratuita online: “Abraço do Vento” de José Miguel Ribeiro, “Rapace” de João Nicolau, “Amélia & Duarte” de Alice Guimarães e Mónica Santos e “Vicky & Sam” de Nuno Rocha.

Na televisão, o Cinemax RTP e o Curtas Às Quartas dos Canais TVCine & Séries dedicam programas especiais ao evento.

O Dia Mais Curto será ainda assinalado nas escolas, por alunos de diferentes graus de ensino, e em instituições de solidariedade social como as Aldeias de Crianças SOS e a Santa Casa da Misericórdia.

O Dia Mais Curto é a festa do cinema, um momento de descoberta que vai iluminar as telas do país!

O programa completo da 4ª edição d’ O Dia Mais Curto será anunciado brevemente em www.odiamaiscurto.curtas.pt.

Filipe Abranches vence Grande Prémio do Sommets du Cinéma d'Animation e do Festival Caminhos do Cinema Português

Filipe Abranches vence Grande Prémio do Sommets du Cinéma d'Animation e do Festival Caminhos do Cinema Português
"Chatear-me-ia Morrer Tão Joveeeeem"

28.11.2016

“Chatear-me-ia Morrer Tão Joveeeeem” de Filipe Abranches venceu o Grande Prémio do Festival Sommets du Cinéma d’Animation, em Montreal. No mesmo fim-de-semana, o filme arrecadou também o Grande Prémio do Festival Caminhos Cinema Português, pela “actualidade e pertinência do tema e originalidade do traço do seu autor”. O festival, que decorreu entre 19 e 26 de novembro em Coimbra, atribuiu ainda o galardão de Melhor Animação a “Estilhaços” de José Miguel Ribeiro, “memória das marcas profundas que são transmitidas geracionalmente”, e a Menção Honrosa de Curta-Metragem a “Menina”, de Simão Cayatte, pela “originalidade do ponto de vista e a surpreendente construção narrativa”.

Joana Pimenta vence Grande Prémio do 58º Zinebi com "Um Campo de Aviação"

Joana Pimenta vence Grande Prémio do 58º Zinebi com "Um Campo de Aviação"
"Um Campo de Aviação", de Joana Pimenta

25.11.2016

A curta-metragem “Um Campo de Aviação”, de Joana Pimenta, venceu o Grande Prémio do 58º Zinebi, Festival Internacional de Cine Documental y Cortometraje de Bilbao. O festival, que decorreu entre 18 e 25 de novembro, atribuiu, ainda, o Prémio de Melhor Curta de Ficção a “Penúmbria” de Eduardo Brito. “Setembro”, de Leonor Noivo, foi distinguida com uma Menção Honrosa do júri.

João Pedro Rodrigues em Retrospetiva no Centro Georges Pompidou

João Pedro Rodrigues em Retrospetiva no Centro Georges Pompidou
Manhã de Santo António de João Pedro Rodrigues

21.11.2016

O Centro Georges Pompidou, em Paris, apresenta, de 25 de novembro a 18 de dezembro, uma retrospetiva integral da obra de João Pedro Rodrigues.

Em colaboração com o Festival D’Automne à Paris, serão exibidos todos os filmes do realizador, incluindo o mais recente “O Ornitólogo” (Prémio de Melhor Realizador no Festival de Locarno), as várias curtas-metragens e a série de “filmes asiáticos” co-realizados com João Rui Guerra da Mata.

Em paralelo, será apresentada a instalação “Santo António”, concebida por João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, que ficará patente até 2 de janeiro. Partindo da curta-metragem homónima de 2012, esta instalação é inspirada pelo santo popular, padroeiro de Lisboa, e as tradições a ele associadas. Celebrado a 13 de junho, O Dia de Santo António é a festa dos namorados. Depois da festa, os jovens saem do metro e avançam como zombies até à enorme estátua do Santo, erguida sob a ditadura de Salazar, que domina uma das praças lisboetas. À primeira vista, a torre de seis metros, apresentada nesta instalação, parece próxima, aparecendo como um quebra-cabeças arquitectónico. No interior, as projeções pendem sobre as quatro paredes criando uma sensação de clausura, ao mesmo tempo que as imagens repetidas partilham a errância dos jovens que vagueiam pelas ruas da cidade.

22º Caminhos do Cinema Português

22º Caminhos do Cinema Português
Setembro, de Leonor Noivo

17.11.2016

A 22ª edição do Festival Caminhos Cinema Português decorre entre 19 e 26 de novembro com várias curtas-metragens distribuídas pela Agência da Curta Metragem em competição: “A Brief History of Princess X” de Gabriel Abrantes, “Fim de Linha” de Paulo D’Alva e António Pinto, “Estilhaços” de José Miguel Ribeiro, “Chatear-me-ia Morrer tão Joveeeeem” de Filipe Abranches, “Setembro” de Leonor Noivo, “Menina” de Simão Cayatte, “Penúmbria” de Eduardo Brito e “A Casa ou a Máquina de Habitar” de Catarina Romano.

“Estilhaços”, “Penúmbria”, “Setembro” e “Chatear-me-ia Morrer tão Joveeeeem” serão ainda exibidos nas sessões de Reposição que decorrem nos Cinemas NOS do Alma Shopping de Coimbra durante o festival.

Premiados Cinanima 2016

Premiados Cinanima 2016
Estilhaços de José Miguel Ribeiro

14.11.2016

A curta-metragem “Estilhaços” de José Miguel Ribeiro venceu o Prémio António Gaio (Competição Nacional) e o Prémio Especial do Júri do 40º CINANIMA. “Fim de Linha”, a animação de Paulo D’Alva e António Pinto,
e “Lugar em Parte Nenhuma”, de Bárbara de Oliveira e João Rodrigues, foram distinguidas com menções honrosas.

O Dia Mais Curto - Inscrições até 15 de Novembro!

O Dia Mais Curto - Inscrições até 15 de Novembro!
O Dia Mais Curto 2016

03.11.2016

Pelo quarto ano consecutivo, O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem, está de regresso a Portugal. A iniciativa decorrerá durante o mês de dezembro com sessões para toda a família em várias cidades do país. Se é programador e deseja associar-se a este evento, através dos programas propostos pela Agência da Curta Metragem ou de sessões próprias, contacte-nos até ao dia 15 de novembro!

Todos os anos, por volta do dia 21 de dezembro, o hemisfério norte entra na estação mais fria devido ao Solstício de Inverno, naquele que é o dia mais curto do ano. Este fenómeno astronómico inspirou a criação da festa que celebra o cinema no formato curto: O Dia Mais Curto. A ideia, que nasceu em França em 2011, rapidamente alcançou uma dimensão internacional sendo, atualmente, celebrada em simultâneo em dezenas de países. Em Portugal, o evento é organizado pela Agência da Curta Metragem e vai percorrer novamente o país de norte a sul, passando também pelos arquipélagos.

Durante todo o mês de dezembro, culminando no dia 21, serão programadas sessões em várias cidades do país com uma seleção de curtas-metragens com produções nacionais e internacionais, para adultos e crianças. Quer seja online, na televisão, em cinemas, bibliotecas, centros culturais, cineclubes, ou nos mais variados espaços públicos ou comunitários, a apresentação de curtas-metragens durante este curto, mas intenso, dia proporcionará ao público a oportunidade de descobrir um grande número de cineastas e as suas obras.

Os programadores poderão associar-se à iniciativa através de sessões próprias ou dos quatro programas propostos pela Agência da Curta Metragem: “Panorama Nacional”, “Europa em Curtas”, “Curtinhas em Dezembro” e “Papel de Natal e Outras Histórias”. As inscrições decorrem até ao dia 15 de novembro.

Na edição de 2015, O Dia Mais Curto contou com cerca de 6000 espectadores, 35 filmes e 60 sessões, destinadas ao público e as escolas, que tiveram lugar em 24 cidades portuguesas.

40ª edição do Cinanima

40ª edição do Cinanima
Lugar em Parte Nenhuma de Bárbara de Oliveira e João Rodrigues

31.10.2016

A 40ª edição do Cinanima decorre entre 7 e 13 de novembro com vários filmes do catálogo da Agência no programa. Na competição internacional vão ser apresentados “Fim de Linha” de Paulo D’Alva e António Pinto e “Estilhaços” de José Miguel Ribeiro. No concurso nacional competem “Lugar em Parte Nenhuma” de Bárbara de Oliveira e João Rodrigues, “A Casa ou a Máquina de Habitar” de Catarina Romano, “Chatear-me-ia Morrer Tão Joveeeeem” de Filipe Abranches e “Ladrões de Sorrisos”, realizado pelos jovens da Casa da Criança com orientação de Paulo D’Alva. Em programas especiais serão apresentadas as curtas-metragens “Os Salteadores” de Abi Feijó, “Estória do Gato e da Lua” de Pedro Serrazina, “A Suspeita” de José Miguel Ribeiro, “História Trágica com Final Feliz” de Regina Pessoa, “Stuart” de Zepe, “Mi Vida En Tus Manos” de Nuno Beato, “Fuligem” de David Doutel e Vasco Sá e “Melodia Amarga” de Pedro Moura.

Festa da Animação 2016

Festa da Animação 2016

26.10.2016

Com curadoria da Casa da Animação, a Festa Mundial da Animação vai exibir, entre os dias 25 e 30 de outubro, mais de meia centena de películas, na grande maioria curtas-metragens, 18 delas em competição.

Entre os candidatos ao Prémio Nacional de Animação 2016 encontram-se vários filmes distribuídos pela Agência da Curta Metragem. Na categoria filmes de profissionais, estão a concurso “Chatear-me-ia Morrer tão Joveeeeem” de Filipe Abranches, “A Casa ou a Máquina de Habitar” de Catarina Romano, “Estilhaços” de José Miguel Ribeiro e “Fim de Linha” de Paulo D’Alva e António Pinto. Na categoria de filmes de oficinas, foram escolhidas duas curtas-metragens realizadas no âmbito do projeto educativo Animar: “O Manual”, dos alunos do 6º, 7º e 9º ano de Vila do Conde sob orientação de Jorge Ribeiro e “Ladrões de Sorrisos” dos jovens da Casa da Criança de Vila do Conde com orientação Paulo D’Alva.

No domingo, às 15:00, no Auditório do Teatro Gil Vicente, serão também exibidas curtas-metragens portuguesas de animação selecionadas pela Agência da Curta Metragem: “A Noite” de Regina Pessoa; “Melodia Amarga” de Pedro Moura; “Passeio de Domingo” de José Miguel Ribeiro; “Jantar em Lisboa” de André Carrilho; “Pássaros” de Filipe Abranches; “Estória do Gato e da Lua” de Pedro Serrazina e “Fado Lusitano” de Abi Feijó. A iniciativa organizada pela Casa da Animação.

O programa nacional do evento, que decorrerá em simultâneo em 40 países, pode ser consultado aqui:
O programa completo está disponível aqui:
http://www.casa-da-animacao.pt/…/fma-programa-v5-A3-br-1.jpg

O Dia Mais Curto regressa em Dezembro!

O Dia Mais Curto regressa em Dezembro!
O Dia Mais Curto

24.10.2016

O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem, regressa em dezembro para a 4ª edição em Portugal! Durante todo o mês, as curtas-metragens vão invadir o país de norte a sul nos mais variados locais de projeção: em cinemas, teatros, bibliotecas, transportes públicos, televisão, etc.

Se é programador e deseja associar-se a esta iniciativa – através de programas próprios ou das sessões propostas pela organização – contacte a Agência da Curta Metragem até ao dia 15 de novembro!

Curtas de Eduardo Brito e Catatina Romano distinguidas no Arquiteturas Film Festival

Curtas de Eduardo Brito e Catatina Romano distinguidas no Arquiteturas Film Festival
Penúmbria de Eduardo Brito

17.10.2016

O Arquiteturas Film Festival, que decorreu entre 12 e 16 de outubro em Lisboa, distingiu dois filmes distribuídos pela Agência da Curta Metragem: “Penúmbria” de Eduardo Brito venceu o prémio de Melhor Filme Português e “A Casa ou a Máquina de Habitar” de Catarina Romano venceu o Prémio do Público.

Sandro Aguilar vence competição internacional de curtas do Festival Nouveau Cinema

Sandro Aguilar vence competição internacional de curtas do Festival Nouveau Cinema
Undisclosed Recipients de Sandro Aguilar

12.10.2016

“Undisclosed Recipients”, de Sandro Aguilar, foi o grande vencedor da competição internacional de curtas-metragens do Festival Nouveau Cinema, cuja 45ª edição decorre até 16 de outubro no Canadá.

O prémio “Loup Argenté” foi atribuído ao realizador português por um júri composto por Mathieu Grondin, Valérie Mongrain and Marie-Élaine Riou e anunciado na noite de terça-feira numa cerimónia, pela primeira vez na história do festival, dedicada exclusivamente às curtas-metragens.

Rodado em 2015, “Undisclosed Recipients” tem como ponto de partida a energia e o ambiente vivido no festival Vodafone Paredes de Coura. “Interessou-me observar por uma vez os jovens, aqui num certo estado físico e mental, misto muito sugestivo de alheamento e alerta”, explica o realizador.

O filme, distribuído pela Agência da Curta Metragem, é uma produção da Curtas Metragens CRL.

DVD: João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata

DVD: João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata
João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata

01.10.2016

A Fnac lança, este mês, o DVD com as curtas-metragens de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, editado em parceria com o Curtas Vila do Conde. A propósito da edição deste volume, será ainda apresentada uma exposição itinerante com fotos de rodagem de alguns dos filmes da dupla.

Notícia completa:http://festival.curtas.pt/blog/?id=468

Agência no Curtocircuíto - Festival de Cinema de Santiago de Compostela

Agência no Curtocircuíto - Festival de Cinema de Santiago de Compostela
Exodus de Nicolas Provost

30.09.2016

A 13ª edição do Curtocircuíto – Festival Internacional de Cinema de Santiago de Compostela decorre entre 3 e 9 de outubro naquela cidade espanhola com vários filmes da Agência da Curta Metragem na programação.

Em competição, vão ser apresentadas as curtas-metragens “A Brief History of Princess X” de Gabriel Abrantes, “Um Campo de Aviação” de Joana Pimenta, “Cabeça d’Asno” de Pedro Bastos e “Exodus” de Nicolas Provost. Na retrospetiva dedicada ao realizador ucraniano Sergei Loznitsa, o festival espanhol exibe “Milagre de Santo António”, uma produção do Curtas Vila do Conde no âmbito do 20º aniversário do festival, em 2012, resultante de dez dias de descobertas que o cineasta fez sozinho na região norte de Portugal incidindo particularmente na tradição da bênção dos animais em Santo António de Mixões da Serra, no Gerês.

Programa completo: http://curtocircuito.org/

Prémio Nacional da Animação 2016

Prémio Nacional da Animação 2016
Fim de Linha de Paulo D'Alva e António Pinto

30.09.2016

Já são conhecidos os filmes selecionados para o Prémio Nacional da Animação 2016. Entre os selecionados estão seis curtas-metragens da Agência. Na categoria filmes de profissionais, estão a concurso “Chatear-me-ia Morrer tão Joveeeeem” de Filipe Abranches, “A Casa ou a Máquina de Habitar” de Catarina Romano, “Estilhaços” de José Miguel Ribeiro e “Fim de Linha” de Paulo D’Alva e António Pinto. Na categoria de filmes de oficinas, foram escolhidas duas curtas-metragens realizadas no âmbito da Animar: “O Manual”, dos alunos do 6º, 7º e 9º ano de Vila do Conde sob orientação de Jorge Ribeiro e “Ladrões de Sorrisos” dos jovens da Casa da Criança de Vila do Conde com orientação Paulo D’Alva.

Lista completa: http://www.casa-da-animacao.pt/…/premio-nacional-da-animac…/

Curtas de Jorge Quintela e Sandro Aguilar no Festival du Nouveau Cinema

Curtas de Jorge Quintela e Sandro Aguilar no Festival du Nouveau Cinema
Sobre El Cielo de Jorge Quintela

28.09.2016

As curtas-metragens “Sobre El Cielo” de Jorge Quintela e “Undisclosed Recipients” de Sandro Aguilar vão estar em competição no Festival du Nouveau Cinema, que decorre entre 5 e 16 de outubro em Montreal, no Canadá. O filme de Jorge Quintela integra a competição internacional de curtas-metragens enquanto Sandro Aguilar compete na secção Short LAB.

Filmes representados pela Agência nos Bang Awards

Filmes representados pela Agência nos Bang Awards
Papel de Natal de José Miguel Ribeiro

28.09.2016

As animações “Vigil” de Rita Cruchinho Neves; “Amélia & Duarte” de Alice Guimarães e Mónica Santos; “O Canto dos 4 Caminhos” de Nuno Amorim; “20 Desenhos e um Abraço” de José Miguel Ribeiro; “Fuligem” de David Doutel e Vasco Sá; “Campo à Beira Mar” de André Ruivo; “Chatear-me-ia Morrer tão Joveeeeem” de Filipe Abranches; “Nossa Senhora da Apresentação de Abi Feijó, Alice Guimarães, Daniela Duarte e Laura Gonçalves; “Within” de Natália Azevedo Andrade e “Papel de Natal” de José Miguel Ribeiro vão integrar a competição dos Bang Awards- International Animation Awards Torres Vedras, Portugal).

Amélia & Duarte no IndieCork

Amélia & Duarte no IndieCork
Amélia & Duarte de Mónica Santos e Alice Guimarães

28.09.2016

A animação Amélia & Duarte, de Mónica Santos e Alice Guimarães, vai estar na competição “World Shorts” do IndieCork Film Festival, que decorre entre 9 e 16 de outubro.

Curtas de Joana Pimenta e Gabriel Abrantes no TIFF

Curtas de Joana Pimenta e Gabriel Abrantes no TIFF
"Um Campo de Aviação"

18.08.2016

Depois de terem passado pelo Festival de Cinema de Locarno, as curtas-metragens “Um Campo de Aviação” de Joana Pimenta e “A Brief History of Princess X” de Gabriel Abrantes vão ser apresentadas no TIFF – Toronto International Film Festival, que decorre entre 8 e 18 de setembro no Canadá. O filme de Joana Pimenta integra a secção “Wavelengths”, dedicada a filmes “avant-garde”, enquanto a curta de Gabriel Abrantes será exibida no programa “Short Cuts”. Os dois filmes seguem, depois, para o Festival de Cinema de Nova Iorque onde serão apresentados em estreia norte-americana: “A Brief History of Princess X” em competição e “Um Campo de Aviação” nas Projections.

Curtas portuguesas em Locarno

Curtas portuguesas em Locarno

13.07.2016

O prestigiado Festival Internacional de Cinema de Locarno decorre entre 3 e 13 de agosto com várias curtas-metragens portuguesas a concurso: em estreia mundial “Campo de Aviação” de Joana Pimenta e, em estreia internacional, a animação de José Miguel Ribeiro “Estilhaços” (Filmes da Praça); “Setembro” de Leonor Noivo (Terratreme) e “À Noite Fazem-se Amigos” de Rita Barbosa (O Som e a Fúria). Fora de competição, será ainda apresentada “A brief history of princess X”, curta-metragem que valeu a Gabriel Abrantes o Prémio de Melhor Realizador no 24º Curtas Vila do Conde. A Agência da Curta Metragem vai estar presente no festival para acompanhar e promover os cinco filmes.

Agência em Annecy

Agência em Annecy

02.06.2016

A Agência da Curta Metragem vai marcar presença no 31º Festival Internacional de Animação de Annecy, que decorre entre 13 e 18 de junho. A convite do festival, a Agência vai participar em várias ações de promoção da Animação Nacional naquele que é o principal espaço de divulgação e distribuição do género a nível internacional, pela sua dimensão e número de profissionais acreditados.

Instituto Arsenal dedica retrospetiva a João Nicolau

Instituto Arsenal dedica retrospetiva a João Nicolau
Gambozinos, de João Nicolau

19.05.2016

O Instituto de Filme e Videoarte alemão Arsenal apresenta, em maio, em Berlim, uma retrospetiva dedicada à obra do realizador português João Nicolau, que contará com a presença do cineasta. Organizada em parceria com a Embaixada Portuguesa e o Instituto Camões, vai exibir as curtas-metragens “Rapace” (2006); “Canção de Amor e Saúde” (2009); “O Dom das Lágrimas” (2012); “Gambozinos” (2013); e as longas “A Espada e a Rosa” (2010) e “John From” (2015).

Para o Arsenal, os trabalhos de João Nicolau são “divertidos, intensos e cheios de reviravoltas inesperadas e truques intrigantes. O seu cinema não segue as regras normais do jogo, permitindo uma fantasia desenfreada sem limites numa narrativa pouco convencional”.

André Marques é o primeiro português no Lebanon Factory

André Marques é o primeiro português no Lebanon Factory
André Marques

16.05.2016

O realizador André Marques é o primeiro português a ser selecionado para o projeto Lebanon Factory, da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes.

O cineasta vai realizar, juntamente com uma realizadora libaneza, uma das quatro curtas-metragens a serem filmadas no Líbano em fevereiro do próximo ano. Os trabalhos produzidos durante o projeto abrirão, em 2017, a Quinzaine des Realisateurs de Cannes.

"Undisclosed Recipients" de Sandro Aguilar no Festival de Hamburgo

"Undisclosed Recipients" de Sandro Aguilar no Festival de Hamburgo
Undisclosed Recipients

16.05.2016

“Undisclosed Recipients” de Sandro Aguilar vai integrar a competição internacional do Festival Internacional de Cinema de Hamburgo, que decorre entre 31 de maio e 6 de junho na Alemanha.

Para “Undisclosed Recipients”, Sandro Aguilar escolheu como ponto de partida a energia do festival de Paredes de Coura. “Interessou-me observar por uma vez os jovens, aqui num certo estado físico e mental, misto muito sugestivo de alheamento e alerta”, refere o realizador.

Prémios Sophia 2016 distinguem "Rampa" e "Amélia & Duarte"

Prémios Sophia 2016 distinguem "Rampa" e "Amélia & Duarte"
Rampa de Margarida Lucas

16.05.2016

Decorreu, na passada sexta-feira 13 de maio, mais uma edição dos Prémios Sophia, organizados pela Academia Portuguesa de Cinema. “Rampa”, de Margarida Lucas, venceu na categoria de Melhor Curta-Metragem de Ficção e “Amélia & Duarte”, de Mónica Santos e Alice Guimarães, foi distinguido com o troféu de Melhor Curta-Metragem de Animação.

A concurso estiveram também os filmes “Nossa Senhora da Apresentação” de Abi Feijó, Alice Guimarães, Daniela Duarte e Laura Gonçalves; “Vigil” de Rita Cruchinho Neves; “O Campo à Beira Mar” de André Ruivo; “A Torre” de Salomé Lamas; e “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” de Manuel Mozos.

Curta de Lois Patiño premiada em São Francisco

Curta de Lois Patiño premiada em São Francisco
Noite Sem Distância, de Lois Patiño

12.05.2016

“Noite Sem Distância”, de Lois Patiño, foi galardoada com o prémio para Melhor Curta-Metragem no 59º Festival Internacional de Cinema de São Francisco, que decorreu entre 21 de abril e 5 de maio nos EUA. O filme, rodado na fronteira entre Portugal e Espanha, é uma produção do Curtas Vila do Conde e integra o catálogo de filmes da Agência da Curta Metragem.

“Noite Sem Distância” integrou a Competição Golden Gate Awards para curtas-metragens narrativas. Sobre a competição, o júri, composto pela programadora do festival Laura Thielen; pela Vice-Presidente de Aquisição de Filmes da Fandor, Amanda Salazar; e pelo jornalista e produtor Santhosh Daniel; considerou que “estas representações bem construídas conectaram-nos com o mundo e a nossa própria humanidade de uma forma inesperada”.

Organizado pela San Francisco Film Society, o San Francisco Film Festival é o mais antigo festival de cinema das Américas.

"Rampa" em Oberhausen

"Rampa" em Oberhausen
Rampa de Margarida Lucas

27.04.2016

A curta-metragem “Rampa” de Margarida Lucas vai integrar a competição de filmes para crianças e jovens da 62º edição do prestigiado Festival de Oberhausen, que decorre entre 5 e 10 de maio na Alemanha. O cartaz desta competição do festival é uma imagem do filme que conta a história de Matilde, uma adolescente de 14 anos que a meio das férias do verão é despejada de casa, um resultado do divórcio conflituoso dos seus pais. Matilde e a família vão viver para um bairro social. Em setembro, de regresso às aulas no colégio, na tentativa de ser aceite Matilde esconde os acontecimentos familiares.

Curtas portuguesas no Festibérico

Curtas portuguesas no Festibérico
Guisado de Galinha, de Joana Toste

14.04.2016

As curtas-metragens “Amélia & Duarte” de Alice Guimarães e Mónica Santos; “Fuligem” de David Doutel e Vasco Sá; “A Dama da Lapa”, “R-XYZ”, “Guisado de Galinha” e “Ana, um Palíndromo” de Joana Toste, vão ser apresentadas na mostra internacional do FESTIBÉRICO – Festival de Cinema Português e Espanhol que decorre entre 14 e 24 de abril na Holanda.

18º BAFICI - Festival de Cinema Independente de Buenos Aires

18º BAFICI - Festival de Cinema Independente de Buenos Aires
Entrecampos, de João Rosas

13.04.2016

As curtas-metragens “Cinzas e Brasas” de Manuel Mozos e “Maria do Mar” de João Rosas vão integrar a Competição do 18º BAFICI – Festival de Cinema Independente, que decorre entre 13 e 24 de abril em Buenos Aires. Na secção Panorama, o festival argentino exibirá ainda o filme de Manuel Mozos “A Glória de Fazer Cinema em Portugal”, “Entrecampos” de João Rosas e “Bunker” de Sandro Aguilar.

"Provas, Exorcismos" premiado no Uruguai

"Provas, Exorcismos" premiado no Uruguai
Provas, Exorcismos de Susana Nobre

11.04.2016

A curta-metragem “Provas, Exorcismos” de Susana Nobre venceu o prémio de Melhor Curta-Metragem Internacional no 34º Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay 2016.

O júri do festival, cuja cerimónia de entrega de prémios decorreu no passado dia 3 de abril, considerou que o filme “genera una narración concentrada, medida y ajustada, pero al mismo tiempo abierta a significaciones e interpretaciones, a través de la cual da un testimonio sobre el mundo del trabajo y, sobre todo, el drama que puede implicar el desempleo. Se evidencia un muy buen manejo de las herramientas cinematográficas, para lograr un retrato de un mundo a través de la estilización de las formas y la actuación, pero que a la vez observa como un registro cargado de realidade, en los rostros de los personajes y en los lugares que describe la cámara. La verdade del corto se manifesta en esa aparente contradicción entre la ficción más redical y la fuerza de lo documental”.”

Nomeados aos Prémios Sophia 2016

Nomeados aos Prémios Sophia 2016
Prémios Sophia 2016

08.04.2016

A Academia Portuguesa de Cinema anunciou na passada quinta-feira, 7 de abril, os nomeados aos Prémios Sophia 2016 com vários filmes da Agência da Curta Metragem na lista.

Na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação concorrem Amélia & Duarte e Mónica Santos e Alice Guimarães; “Nossa Senhora da Apresentação” de Abi Feijó, Alice Guimarães, Daniela Duarte e Laura Gonçalves; “Vigil” de Rita Cruchinho Neves e “O Campo à Beira Mar” de André Ruivo. “A Torre” de Salomé Lamas está selecionada para a categoria de Melhor Documentário em Curta-Metragem. A concorrer para o Prémio de Melhor Curta-Metragem de Ficção estão “A Rampa” de Margarida Lucas e “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” de Manuel Mozos.

Os vencedores serão conhecidos no dia 13 de Maio, no Centro Cultural de Belém.

"Vila do Conde Espraiada" e "Maria do Mar" no Festival de Brive

"Vila do Conde Espraiada" e "Maria do Mar" no Festival de Brive
"Vila do Conde Espraiada" de Miguel Clara Vasconcelos

06.04.2016

“Vila do Conde Espraiada”, de Miguel Clara Vasconcelos, terá a sua estreia internacional no Festival de Cinema de Brive. O filme será apresentado, na Competição Europeia, nos dias 7 e 9 de abril pelo realizador. Também a curta-metragem “Maria do Mar”, de João Rosas, integrará a competição do festival francês.

João Nicolau apresenta curtas-metragens no Passos Manuel

João Nicolau apresenta curtas-metragens no Passos Manuel
Gambozinos, de João Nicolau

31.03.2016

O ciclo de cinema “Há Filmes na Baixa”, promovido pelo Porto/Post/Doc, está de regresso ao Cinema Passos Manuel, no Porto, num novo formato com ciclos temáticos.

O ciclo “Da Terra do Nunca: os filmes de João Nicolau” arranca no dia 6 de abril, às 22:00, com a exibição de três curtas-metragens do realizador premiadas internacionalmente: “Rapace” (2006); “Canção de Amor e Saúde” (2009); e “Gambozinos” (2013). A mais recente produção do cineasta português, “John From”, também integra a programação e será exibido a 7 de abril. João Nicolau estará presente nas duas sessões.

Os bilhetes custam 4 euros, com desconto de 50% para estudantes e maiores de 65 anos.

"Noite Sem Distância" no Festival de San Francisco

"Noite Sem Distância" no Festival de San Francisco
Noite Sem Distância, de Lois Patiño

30.03.2016

A curta-metragem “Noite Sem Distância”, de Lois Patiño, vai integrar a 59ª edição do San Francisco International Film Festival, que decorre entre 21 de abril e 5 de maio. O filme vai estar em competição na secção “Golden Gate Awards for Narrative Short”. Organizado pela San Francisco Film Society, o festival é o mais antigo das Américas.

O filme foi produzido pela Curtas Metragens CRL em 2015 no âmbito do projeto Campus, envolvendo na equipa técnica um grupo de estudantes de cinema e audiovisual.

“Reconversão” integra exibição da Gulbenkian em Paris

“Reconversão” integra exibição da Gulbenkian em Paris
Reconversão, de Thom Andersen

29.03.2016

O documentário “Reconversão”, de Thom Andersen, vai integrar a exposição “Les universalistes. 50 ans d`architecture portugaise” (“Os universalistas. 50 anos da arquitetura portuguesa”), patente na Cité de l`Architecture & du Patrimoine, em Paris, de 13 de abril a 29 de agosto.

A exposição, desenvolvida em parceria com a Gulbenkian de Paris de forma a assinalar o 50º aniversário da instituição na capital francesa, apresenta “50 projetos arquiteturais sob a forma de maquetes produzidas especialmente para a exposição, documentos gráficos e audiovisuais”.

Produzido pela Curtas Metragens CRL no 20º aniversário do Curtas Vila do Conde, o documentário “Reconversão” retrata 17 edifícios e projetos do arquiteto portuense Eduardo Souto Moura, acompanhados pelos seus próprios escritos.

"Vigil" vence Menção Especial no Festival d'Aubagne

"Vigil" vence Menção Especial no Festival d'Aubagne
Vigil de Rita Cruchinho

21.03.2016

A curta-metragem “Vigil” de Rita Cruchinho Neves foi distinguida com uma Menção Especial na categoria de Animação no 17º Festival International du Film d’Aubagne, que decorreu entre 14 e 19 de março.

Filmes Campus exibidos na Cinemateca Portuguesa

Filmes Campus exibidos na Cinemateca Portuguesa
A Glória de Fazer Cinema em Portugal de Manuel Mozos

17.03.2016

A Cinemateca Portuguesa, em Lisboa, apresenta, a 14 de abril, uma sessão com os filmes produzidos pela Curtas Metragens CRL no âmbito do Campus. “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” de Manuel Mozos, “Noite Sem Distância” de Lois Patiño e “Undisclosed Recipients” de Sandro Aguilar vão ser exibidos às 21:30.

“Noite Sem Distância”, de Lois Patiño, é focado na fronteira entre Portugal e a Galiza, desenvolvendo as histórias que habitam esses espaços, nomeadamente o papel do contrabando no desenvolvimento dos dois países. “Decidi representar uma cena de contrabando na Serra do Gerês em estradas que os contrabandistas realmente usaram. E as pessoas da região participariam enquanto atores (muitos deles foram, inclusivamente, contrabandistas na juventude)”, explica o galego Lois Patiño.

Para “Undisclosed Recipients”, Sandro Aguilar escolheu como ponto de partida a energia do festival de Paredes de Coura. “Interessou-me observar por uma vez os jovens, aqui num certo estado físico e mental, misto muito sugestivo de alheamento e alerta”, refere o realizador.

Já Manuel Mozos, inspirou-se numa carta que José Régio escreveu, em 1929, a Alberto Serpa onde manifestou a vontade de fundar uma produtora para começar a fazer cinema. Durante quase noventa anos, nada se soube sobre o desfecho deste pedido: nunca se encontrou qualquer resposta de Serpa à carta e Régio não terá voltado a mencionar o assunto. “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” tenta desvendar o desfecho desta história.

Curtas portuguesas no Festival de d'Aubagne

Curtas portuguesas no Festival de d'Aubagne
Rampa de Margarida Lucas

16.03.2016

Depois de ter sido eleito o Melhor Documentário do Festival de Tampere, “Blood Brothers”, de Miguel Coimbra e Marco Espirito Santo, integra a Competição de Curtas Metragens do 17º Festival International du Film d’Aubagne que decorre entre 14 e 19 de março no Sul de França. Na mesma competição, serão exibidas as curtas-metragens “Vigil” de Rita Cruchinho Neves e “Rampa” de Margarida Lucas.

Salomé Lamas no UnionDocs (EUA)

Salomé Lamas no UnionDocs (EUA)
Salomé Lamas

15.03.2016

A 20 de março, o UnionDocs, nos Estados Unidos, apresenta uma seleção dos trabalhos de Salomé Lamas, alguns deles em estreia norte-americana, apresentados sob a forma de instalação de video: “Teatrum Orbis Terrarum”, “Encounters With Landscape”, “VHS – Vídeo Home System” e “Fall II”. A realizadora participará, também, uma conversa com o público acerca da sua obra.

“O trabalho de Salomé Lamas pretende redefinir a não-ficção cinematográfica. A sua edição cubista, câmara subjetiva e atitude não demonstram interesse em alterar os factos, nem mesmo em documentá-los. Em vez disso, os seus trabalhos obrigam o espetador a criar os seus próprios pensamentos e discursos. Salomé Lamas encena uma sociedade onde as regras são substituídas e os papéis mudam inesperadamente. Testando o tempo, o surreal torna-se real. O mundo é um cenário negligenciado habitado pelas personagens dos livros e filmes de Raúl Ruiz, piratas modernos e sonhadores que lidam com a curiosidade filosófica e contradições do cinema de Johan van der Keuken. O cinema de Salomé Lamas recupera traços e críticas individuais, muitos dos quais têm sido, histórica, política e artisticamente ameaçados – e ela faz isso sem medo” – Mónica Savirón, Curadora.

Agência da Curta Metragem representa Portugal no Short Circuit

Agência da Curta Metragem representa Portugal no Short Circuit

15.03.2016

A Agência da Curta Metragem é um dos 18 membros do Short Circuit, a rede europeia de organismos que se dedicam à promoção e distribuição de curtas-metragens.

O objetivo primeiro desta rede, composta por entidades de países como a França, Bélgica, Alemanha, Croácia, Irlanda, Itália, Lituânia, Holanda, Noruega, Eslovénia, Espanha, Suécia e Suíça, é a representação do sector da distribuição de curtas-metragens na Europa, aumentando a visibilidade do formato a nível internacional.

Para isso, o Short Circuit desenvolve ações como a Short Film Pool, um catálogo curtas-metragens de diferentes géneros e proveniências que são distribuídas na Europa pelos seus membros, entre eles a Agência da Curta Metragem.

Assim, a Agência da Curta Metragem disponibiliza, para além das 400 obras nacionais do seu catálogo de filmes, uma seleção de curtas-metragens europeias de particular relevância para exibição Portugal. Tratam-se de obras galardoadas internacionalmente e de especial importância no contexto recente de produção de curtas-metragens, cuja exibição se encontrava circunscrita aos festivais de cinema, e que presentemente o público português tem acesso de uma forma mais vasta. Estas obras, legendadas em português, poderão ser alugadas individualmente para exibição antes de longas-metragens ou para a programação de sessões de curtas-metragens.

O Short Circuit é também responsável por eventos como O Dia Mais Curto, cuja organização em Portugal está a cargo da Agência da Curta Metragem.

"Blood Brothers" premiado no Festival de Tampere

"Blood Brothers" premiado no Festival de Tampere
Blood Brothers

14.03.2016

A curta-metragem “Blood Brothers”, de Marco Espírito Santo e Miguel Coimbra, venceu o Prémio de Melhor Documentário no Festival de Cinema de Tampere.

“Blood Brothers” acompanha uma noite na vida dos Forcados Amadores de Montemor. De regresso à mais importante arena do país pela primeira vez após a morte do seu líder, estes forcados terão de demonstrar que o seu espírito vencedor ainda vive entre eles.

O filme, que ainda não teve estreia em Portugal, já passou por festivais de cinema no México, França, Espanha, Reino Unido, Eslováquia, Itália, Países Baixos, Coreia, Lituânia e Rússia.

O prémio foi atribuído pelo júri da competição internacional composto por Lauris Abele (Letónia), E.G. Bailey (EUA), Tatu Pohjavirta (Filândia), Alina Rudnitskaya(Rússia) e Enrico Vannucci (Itália).

O Festival de Cinema de Tampere, um dos festivais de cinema mais antigos e de maior prestígio a nível internacional, é, todos os anos, o ponto de encontro de profissionais da indústria cinematográfica. A 46ª edição do festival decorreu entre os dias 9 e 13 de março naquela cidade finlandesa.

Filmes da Agência distinguidos no Monstra

Filmes da Agência distinguidos no Monstra
Estilhaços, de José Miguel Ribeiro

14.03.2016

O festival de animação Monstra atribuiu à curta-metragem “Estilhaços” de José Miguel Ribeiro o Prémio de Melhor Curta-Metragem Portuguesa, o Prémio do Público e uma Menção Honrosa. O festival de animação lisboeta atribuiu também a “Amélia & Duarte”, de Alice Guimarães e Mónica Santos, o Prémio SPA | Vasco Granja de Melhor Filme Português.

Já a produção da Curtas Metragens CRL, “Nossa Senhora da Apresentação”, realizada por Abi Feijó, Alice Guimarães, Daniela Duarte e Laura Gonçalves, e o filme “Within”, de Natália de Azevedo Andrade, foram distinguidos com menções honrosas.

Agência da Curta Metragem no 18º Mecal (Barcelona)

Agência da Curta Metragem no 18º Mecal (Barcelona)
18º Mecal

10.03.2016

Começa hoje a 18ª edição do Mecal – Festival Internacional de cortometrajes y Animación de Barcelona. O Festival vai exibir as curtas-metragens “Yulya” de André Marques (Competição International IV); “Blood Brothers” de Marco Espírito Santo e Miguel Coimbra (Documentary III); e “Amélia & Duarte” de Mónica Santos e Alice Guimarães (Young Audience).

A Agência da Curta Metragem marcará presença no festival para divulgar as curtas-metragens nacionais.

Monstra arranca hoje!

Monstra arranca hoje!
Monstra 2016

03.03.2016

Arranca esta quinta-feira, 3 de março, mais uma edição da MONSTRA – Lisbon Animated Film Festival. As curtas-metragens “Campo à Beira Mar” de André Ruivo; “Vigil” de Rita Cruchinho Neves; “Nossa Senhora da Apresentação” de Abi Feijó, Alice Guimarães, Daniela Duarte e Laura Gonçalves; e “Amélia & Duarte” de Mónica Santos e Alice Guimarães vão integrar a Competição Portuguesa. Já “Within” de Natália de Azevedo de Andrade vai ser exibido, fora de competição, na secção Best of Estudantes.

A 15ª edição do festival vai apresentar 238 filmes, nas competições de Longas, Curtas, Estudantes, Curtíssimas, Prémio Vasco Granja e Monstrinha. Destas obras, 200 são estreias mundiais, europeias ou nacionais.

Lois Patiño no FICUNAM

Lois Patiño no FICUNAM
Lois Patiño

23.02.2016

O realizador galego Lois Patiño, vencedor do prémio PUMA no FICUNAM 2014, foi convidado a integrar o júri da competição internacional da próxima edição do festival, que arranca a 24 de fevereiro. O cineasta vai também apresentar no festival mexicano a sua mais recente obra “Noite Sem Distância”, uma produção da Curtas Metragens CRL. Filmada na fronteira entre Portugal e Galiza, “Noite Sem Distância”, aborda as histórias daquela região, entre elas, o papel que o contrabando teve no desenvolvimento dos dois países. O filme, em negativo, conta com a participação de alguns habitantes da região que foram, inclusivamente, contrabandistas na juventude.

Curtas de animação em exposição em Vila do Conde

Curtas de animação em exposição em Vila do Conde
Animar 11

18.02.2016

De 20 de fevereiro a 5 de junho, o cinema de animação está de regresso a Vila do Conde com a 11ª edição da Animar. À imagem das edições anteriores, o centro das várias atividades deste projeto educativo voltará a ser a exposição na Solar – Galeria Cinemática que inaugura no próximo sábado, 20 de fevereiro, às 15:00.

A exposição Animar 11 parte dos materiais, adereços, personagens, cenários e de diversos elementos que fizeram parte do processo de produção de três curtas-metragens de animação que integram o catálogo da Agência: “Nossa Senhora da Apresentação” de Abi Feijó, Alice Guimarães, Daniela Duarte e Laura Gonçalves; “Papel de Natal” de José Miguel Ribeiro; e “Amélia & Duarte” de Alice Eça Guimarães e Mónica Santos. Estes elementos, apresentados na galeria de forma interativa e surpreendente, exploram as relações de causa e efeito que as diferentes expressões, visuais e sonoras, estabelecem com a estrutura narrativa dos filmes.

Miguel Gomes em Retrospectiva Integral no FICUNAM

Miguel Gomes em Retrospectiva Integral no FICUNAM
Kalkitos, de Miguel Gomes

17.02.2016

A 6ª edição do FICUNAM, que decorre entre 24 de fevereiro e 1 de março na Cidade do México, vai dedicar uma retrospetiva à obra de Miguel Gomes. “Cântico das Criaturas”; “Entretanto”; “Inventário de Natal”, “Pre Evolution Soccer’s One-Minute Dance After a Golden Goal in the Master League”; “Kalkitos”; e “31” são alguns dos filmes que vão integrar o programa. Também as curtas-metragens “Noite Sem Distância”, de Lois Patiño, e “A Glória de Fazer Cinema em Portugal”, de Manuel Mozos, vão ser apresentados no festival mexicano.

Agência no maior festival de curtas da Europa

Agência no maior festival de curtas da Europa

27.01.2016

“A Glória de Fazer Cinema em Portugal” de Manuel Mozos e “O Guardador” de Rodrigo Areias são os filmes que vão representar Portugal na 38ª edição do maior e mais importante festival de curtas-metragens europeu, o Festival de Clermont-Ferrand que arranca a 5 de fevereiro.

Os dois filmes, os únicos portugueses a concurso, foram selecionados de um universo de 7778 obras de todo o mundo colocadas à consideração do festival francês para integrar a sua competição internacional, o segundo maior do país a seguir ao Festival de Cannes.

Ambos os filmes integram o catálogo de filmes da Agência da Curta Metragem que voltará a marcar presença no Mercado do Festival, onde participa desde 1999, assegurando a promoção da produção portuguesa através de um stand promocional e um conjunto de atividades diárias de divulgação junto dos mais de 3000 profissionais que, todos os anos, se reúnem no mercado.

Para além das obras nacionais, também os sabores portugueses e a música vão estar representados em Clermont-Ferrand: o tradicional happy hour no stand da Agência voltará a proporcionar um momento de convívio entre produtores, realizadores, programadores e outros profissionais da indústria; e a festa portuguesa, no Baraka Club, terá como convidado The Legendary Tigerman DJ set e outros Djs portugueses.

A presença da Agência em Clermont- Ferrand é apoiada pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual, o Instituto Camões, a Embaixada de Portugal em Paris, a Câmara Municipal de Vila do Conde e a Niepoort.

Cortéx - Festival de Curtas Metragens de Sintra

Cortéx - Festival de Curtas Metragens de Sintra
"A Viagem" de José Magro

21.01.2016

As curtas-metragens “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” de Manuel Mozos, “Amélia & Duarte” de Alice Guimarães e Mónica Santos, “Maria do Mar” de João Rosas, “Provas, Exorcismos” de Susana Nobre, “Rampa” de Margarida Lucas, “Viagem” de José Magro e “Yulya” de André Marques vão integrar a Competição Nacional do Cortex – Festival de Curtas Metragens de Sintra, que decorre entre 18 e 21 de fevereiro.

"Amélia & Duarte" em tour pela Austrália

"Amélia & Duarte" em tour pela Austrália
"Amélia & Duarte" de Mónica Santos e Alice Guimarães

20.01.2016

A curta-metragem “Amélia & Duarte”, das realizadoras Mónica Santos e Alice Guimarães, vai ser apresentada, entre 22 de janeiro e 6 de maio, em dezanove cidades australianas numa tour organizada pelo Flickerfest. O festival de curtas-metragens terminou no passado dia 17 de janeiro e incluiu, na Competição Internacional, o filme de animação.

"Provas, Exorcismos" premiado em Amiens

"Provas, Exorcismos" premiado em Amiens
Provas, Exorcismos de Susana Nobre

19.01.2016

A curta-metragem de Susana Nobre “Provas, Exorcismos” foi distinguida na 35ª edição Festival International du Film d’Amiens com o Prémio Especial Fémis, atribuído pelos alunos e ex-alunos da École nationale supérieure des métiers de l’image et du son (Paris). O festival decorreu entre 13 e 21 de novembro de 2015.

Curtas de Miguel Gomes em Marselha

Curtas de Miguel Gomes em Marselha
Cântico das Criaturas, de Miguel Gomes

12.01.2016

O Museu das Civilizações da Europa e do Mediterrâneo, em Marselha, apresenta, a 23 de janeiro, uma sessão com curtas-metragens de Miguel Gomes no âmbito de um programa especial que o museu francês dedica, entre 22 e24 de janeiro, ao cineasta.

Esta sessão, que terá lugar às 15:00 no Auditorium Germaine Tillion, integrará as curtas-metragens “Inventário de Natal”; “Pre Evolution Soccer’s One-Minute Dance After a Golden Goal in the Master League”; “Cântico das Criaturas” e “Redemption”.

O objetivo do ciclo, que vai exibir também longas-metragens de Miguel Gomes, é apresentar “um olhar do cineasta sob o Portugal contemporâneo”.

Festival de Roterdão

Festival de Roterdão
Undisclosed Recipients de Sandro Aguilar

28.12.2015

As produções da Curtas Metragens CRL, “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” de Manuel Mozos e “Undisclosed Recipients” de Sandro Aguilar vão integrar a seleção do 45º Festival Internacional de Cinema de Roterdão que decorre entre 27 de janeiro e 7 de fevereiro.

"O Velho do Restelo" no Japão

"O Velho do Restelo" no Japão
O velho do restelo, de manoel de oliveira

28.12.2015

A curta-metragem “O Velho do Restelo”, de Manoel de Oliveira, vai integrar uma retrospectiva dedicada ao realizador português organizada pelo Japan Community Cinema Center e que será exibida em 10 cidades do Japão durante o mês de Janeiro.

O Dia Mais Curto - Balanço

O Dia Mais Curto - Balanço
O Dia Mais Curto

28.12.2015

6000 espectadores, 60 sessões e mais de 35 filmes em 24 localidades portuguesas. São estes os números da 3ª edição em Portugal d’ O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem! O evento foi celebrado, em simultâneo, em dezenas de países em todo o mundo!

Pelo terceiro ano consecutivo, Portugal juntou-se a’ O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem celebrada em por vários países em todo o mundo. Este ano, a iniciativa arrancou no inicio de dezembro culminando no dia 21, em pleno solstício de inverno, o dia mais curto do ano com sessões em várias cidades portuguesas: Abrantes, Albufeira, Almada, Barcelos, Braga, Cascais, Castro Verde, Coimbra, Faro, Funchal, Guimarães, Leiria, Lisboa, Maia, Matosinhos, Oeiras, Ponta Delgada, Ponte de Lima, Porto, Sardoal, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia e Viseu

O evento levou cerca de 60 sessões, para o público e escolas, a 24 cidades portuguesas resultando num total de 6000 espetadores, sem contabilizar as três sessões na televisão e as sessões que decorreram, durante todo o dia, nas carruagens e estações do Metro do Porto. Esta edição apresentou mais de 35 filmes, de autores nacionais e internacionais, para adultos e crianças, através dos programas preparados pela Agência da Curta Metragem.

Filmes portugueses na Competição do Festival de Clermont-Ferrand

Filmes portugueses na Competição do Festival de Clermont-Ferrand
O Guardador, de Rodrigo Areias

22.12.2015

As curtas-metragens “A Glória de Fazer Cinema em Portugal”, de Manuel Mozos, e “O Guardador”, de Rodrigo Areias, vão integrar a competição internacional do maior e mais relevante festival de curtas-metragens europeu, o Clermont-Ferrand Short Film Festival, que terá lugar de 5 a 13 de fevereiro de 2016 em França. Os dois filmes, os únicos portugueses a concurso, foram selecionados entre as 7778 obras de todo o mundo inscritas no festival.

À semelhança dos últimos anos, a Agência da Curta Metragem voltará a marcar presença no Festival, onde participa desde 1999 assegurando a promoção das obras nacionais. A mediatização do evento e a presença de cerca de 3300 profissionais do cinema de todo o mundo fazem deste mercado um espaço de extrema importância na divulgação do cinema português.

"A Glória de Fazer Cinema em Portugal" premiado no Festival de Cinema Luso-Brasileiro

"A Glória de Fazer Cinema em Portugal" premiado no Festival de Cinema Luso-Brasileiro
"A Glória de Fazer Cinema em Portugal", de Manuel Mozos

14.12.2015

“A Glória de Fazer Cinema em Portugal”, uma encomenda da Curtas Metragens CRL ao realizador Manuel Mozos, venceu a competição de curtas-metragens da 19ª edição do Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira, que terminou no passado domingo.

Também durante o fim-de-semana, a curta-metragem foi o filme de abertura do ciclo de cinema da TV Cine dedicado ao realizador Manoel de Oliveira.

A obra tem como ponto de partida uma carta escrita por José Régio, em 1929, a Alberto Serpa onde o escritor manifestou a vontade de fundar uma produtora para começar a fazer cinema. Durante quase noventa anos, nada se soube sobre o desfecho deste pedido: nunca se encontrou qualquer resposta de Serpa à carta e Régio não terá voltado a mencionar o assunto. “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” tenta desvendar o desfecho dessa história.

“A Glória de Fazer Cinema em Portugal” poderá ser revisto no próximo domingo, 20 de dezembro, às 21:45, no Teatro Municipal de Vila do Conde, no âmbito d’ O Dia Mais Curto, juntamente com “Vila do Conde Espraiada”, de Miguel Clara Vasconcelos.

O Dia Mais Curto - 3ª Edição!

O Dia Mais Curto - 3ª Edição!
O Dia Mais Curto

10.12.2015

Pelo terceiro ano consecutivo, O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem, está de regresso a Portugal. Em 2015, a iniciativa estende-se a todo o mês de dezembro com sessões de curtas-metragens para toda a família em 24 cidades portuguesas.

Todos os anos, por volta do dia 21 de dezembro, o hemisfério norte entra na estação mais fria devido ao Solstício de Inverno, naquele que é o dia mais curto do ano. Este fenómeno astronómico inspirou a criação da festa que celebra o cinema no formato curto: O Dia Mais Curto. A ideia, que nasceu em França em 2011, rapidamente alcançou uma dimensão internacional sendo, atualmente, celebrada em simultâneo em dezenas de países. Em Portugal, o evento é organizado pela Agência da Curta Metragem e vai percorrer novamente o país de norte a sul, passando também pelos arquipélagos.

Abrantes, Albufeira, Almada, Barcelos, Braga, Cascais, Castro Verde, Coimbra, Faro, Funchal, Guimarães, Leiria, Lisboa, Maia, Matosinhos, Oeiras, Ponta Delgada, Ponte de Lima, Porto, Sardoal, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia e Viseu vão receber sessões de curtas-metragens, nacionais e internacionais, para adultos e crianças, através de programas próprios associados ao evento, ou das sessões disponibilizadas pela Agência da Curta Metragem.

O programa completo ficará, brevemente, disponível em:
www.odiamaiscurto.curtas.pt

Projeto Português no Euro Connection

Projeto Português no Euro Connection

03.12.2015

Há um projecto português entre os seleccionados para o Fórum de co-produção Euro Connection no festival de Clermont- Ferrand. A produtora Terratreme e o realizador JoãoVladimiro – que preparam agora uma nova curta-metragem intitulada “Do Berço prá Cova” – foram escolhidos pelo júri do Euro Connection entre as dezenas de candidaturas a concurso.

Os 15 projectos seleccionados pelo júri serão apresentados durante as sessões de pitching do Fórum de co-produção nos dias 9 e 10 de Fevereiro de 2016, naquele que é um dos maiores mercados de curtas-metragens do mundo. Será ainda convidada a estar no fórum a produtora Animais AVPL, em representação do projecto “Entre Sombras”, de Alice Guimarães e Mónica Santos.

Em anos anteriores foi apresentado um projecto por país (no caso de Portugal, alguns exemplos são Rafa, de João Salaviza – que depois veio a estrear no Festival de Berlim -, Abismo, de Leonor Noivo, projecto que se irá agora transformar numa longa metragem, ou Papel de Natal, de José Miguel Ribeiro), contudo, face ao sucesso desta iniciativa e ao elevado número de candidaturas, o Euro Connection decidiu submeter os projectos seleccionados nacionalmente a um júri internacional final que escolheu os 15 participantes. o Curtas Vila do Conde e o IndieLisboa são os festivais associados ao Euro Connection em Portugal.

Fuligem distinguido em Cracóvia

Fuligem distinguido em Cracóvia
"Fuligem", de David Doutel e Vasco Sá

03.12.2015

A curta-metragem “Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, foi distinguida com uma Menção Honrosa no Etiuda&Anima, na Cracóvia.

"Exodus" em Estreia Mundial no IDFA

"Exodus" em Estreia Mundial no IDFA
"Exodus" de Nicolas Provost

20.11.2015

A curta-metragem “Exodus”, do realizador belga Nicolas Provost será apresentada esta sexta-feira, 20 de novembro, em estreia mundial, no prestigiado IDFA – Festival Internacional de Documentário de Amesterdão que decorre até 29 de novembro.

“Exodus” é um filme não narrativo, editado na forma de slideshow com retratos vivos a partir dos quais Provost viaja através de quatro estados do Oeste dos EUA, fazendo composições de paisagens e situações plenas de beleza cinematográfica.

O filme, uma produção da Curtas Metragens CRL no âmbito da Solar – Galeria de Arte Cinemática, integrará a secção Paradocs que apresentará um showcase de 15 filmes “que ultrapassam a barreira do documentário tradicional, numa intersecção entre o cinema e a arte, a verdade e a ficção, a narrativa e o design”.

Na mesma secção do festival, será ainda apresentada a curta-metragem “Blood Brothers” de Marco Espírito Santo e Miguel Coimbra. O filme acompanha uma noite na vida dos Forcados Amadores de Montemor. De regresso à mais importante arena do país, pela primeira vez, após a morte do seu líder, terão de demonstrar que o seu espírito vencedor ainda vive entre eles.

Festival de Cinema de Badalona

Festival de Cinema de Badalona
Miami, de Simão Cayatte

19.11.2015

As curtas-metragens “Miami”, de Simão Cayatte; “Amélia & Duarte”, de Mónica Santos e Alice Guimarães; e “De Onde Os Pássaros Vêem a Cidade”, de André Tentugal; vão ser exibidas no Filmets Badalona Film Festival, que acontece entre os dias 20 e 29 de novembro em Barcelona, Espanha.

Cinanima

Cinanima
Os Bravos do Mindelo

16.11.2015

As curtas-metragens “Amélia & Duarte”, de Mónica Santos e Alice Guimarães, e “Os Bravos do Mindelo”, realizada durante a Animar 10, realizada no âmbito da Animar 10 por alunos do curso vocacional de Expressões, Fotografia, Cinema de Animação e Vídeo da Escola EB23 D.Pedro IV em Mindelo, de Vila do Conde, sob a orientação de Jorge Ribeiro e Emanuel Barros, foram distinguidas com uma Menção Honrosa no CINANIMA, o mais prestigiado festival de cinema de animação do país.

Curtas Metragens de Carlos Conceição editadas em DVD em França esta semana

Curtas Metragens de Carlos Conceição editadas em DVD em França esta semana
Boa NOITE CINDERELA

12.11.2015

As curtas-metragens de Carlos Conceição serão lançadas, em DVD, esta semana durante o Festival de Amiens, em França.

A edição em DVD inclui os filmes “Carne” (2010), “O Inferno” (2011), “Versailles” (que também competiu no Festival Internacional de Locarno em 2013), “Boa Noite Cinderela” (2014) e ainda o vídeo “Segredo de Matar”, com fotografia de Rui Poças que é este ano alvo de uma homenagem no mesmo festival.

A edição internacional da obra do cineasta português surge um ano depois da retrospectiva integral que lhe foi dedicada na conceituada Cinemateca Francesa e também no Festival Internacional de Cinema de Amiens, onde foi o realizador em foco do programa Pygmalion, dedicado a novos nomes da cinematografia europeia.

Ainda em 2014, Carlos Conceição tinha visto a sua quarta curta-metragem “Boa Noite Cinderela” apresentada mundialmente na Semana da Crítica do Festival de Cannes, seguindo-se presenças em vários festivais internacionais e diversos prémios. Fabien Gaffez, critico e programador da Semana da Crítica de Cannes, diz-se “muito orgulhoso do DVD, pois Carlos Conceição é um dos melhores jovens realizadores portugueses, explorando nos seus filmes um estilo elegante, romântico, barroco e subversivo”.

Carlos Conceição estreou este ano uma curta experimental, “Acorda, Leviatã” no Curtas Vila do Conde e no DocLisboa. Em 2016 tenciona terminar um projecto de dois anos, bem como rodar o seu primeiro filme apoiado pelo Instituto do Cinema e Audiovisual, “Coelho Mau”, uma coprodução luso-francesa apoiada também pelo CNC, com produção da Primeira Idade e da Epicentre Films.

Festival de Cinema de Zagreb

Festival de Cinema de Zagreb
Provas e Exorcismos de Susana Nobre

10.11.2015

O Zagreb Film Festival, que se realiza entre 14 e 22 de novembro, irá exibir um programa de curtas-metragens portuguesas programado pela Agência. A sessão é composta pelos filmes “Strokkur” de João Salaviza; “Provas e Exorcismos” de Susana Nobre; “O Corpo de Afonso” de João Pedro Rodrigues; “Cântico das Criaturas” de Miguel Gomes; e “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” de Manuel Mozos.

XXI Caminhos do Cinema Português

XXI Caminhos do Cinema Português
Nossa Senhora da Apresentação

05.11.2015

Vários filmes do catálogo da Agência da Curta Metragem vão integrar o XXI Caminhos do Cinema Português, que decorre entre 27 de novembro e 5 de dezembro: “Iec Long”, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata; “Amélia & Duarte”, de Mónica Santos e Alice Guimarães; “A Viagem” de José Magro; “Bunker”, de Sandro Aguilar; “O Campo à Beira Mar”, de André Ruivo; “A Torre” de Salomé Lamas; “Provas e Exorcismos” de Susana Nobre; “Vigil”, de Rita Neves; “Yulia” de André Marques; “Vila do Conde Espraiada” de Miguel Clara Vasconcelos; “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” de Manuel Mozos; e “Nossa Senhora da Apresentação” de Abi Feijó, Alice Guimarães, Daniela Duarte e Laura Gonçalves.

"Blood Brothers" no AISFF2015

"Blood Brothers" no AISFF2015
Blood Brothers

04.11.2015

A curta-metragem “Blood Brothers”, de Marco Espírito Santo e Miguel Coimbra, será apresentada esta quinta-feira, 5 de novembro, na cerimónia de abertura do 13º Asiana International Short Film Festival que decorre até 10 de novembro em Seoul, na Coreia do Sul.

"Within" no Feminist and Queer International Film Festival

"Within" no Feminist and Queer International Film Festival
"Within", de Natália Andrade

04.11.2015

“Within”, de Natália Andrade, foi selecionado para a 1ª edição do Feminist and Queer International Film
Festival, que decorre entre de 6 e 10 de novembro na Roménia. A curta-metragem de animação será apresentada no programa experimental do festival.

Janela Internacional de Cinema do Recife

Janela Internacional de Cinema do Recife
Cinema, de Rodrigo Areias

04.11.2015

As curtas-metragens “A Glória de Fazer Cinema em Portugal”, de Manuel Mozos; “Iec Long”, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata; “Cinema”, de Rodrigo Areias; “Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá; e “Coro dos Amantes” de Tiago Guedes; vão integrar a competição internacional do VII Janela Internacional de Cinema do Recife, que decorre entre 6 e 15 de novembro no Brasil.

"Amélia & Duarte" premiado em Chicago

"Amélia & Duarte" premiado em Chicago
"Amélia & Duarte"

03.11.2015

“Amélia & Duarte”, a curta-metragem de Alice Guimarães e Mónica Santos, foi duplamente premiada no 32º Chicago International Children’s Film Festival: 2º prémio do juri júnior e o 2º prémio atribuído pelo juri adulto do festival.

"O Triângulo Dourado" em streaming gratuito

"O Triângulo Dourado" em streaming gratuito
O Triângulo Dourado, de Miguel Clara Vasconcelos

02.11.2015

A plataforma online DocAlliance está a disponibilizar gratuitamente alguns dos filmes que passaram pela seleção do Doclisboa em 2014. A curta-metragem “O Triângulo Dourado”, de Miguel Clara Vasconcelos, integra a lista de filmes em streaming gratuito até 15 de novembro: http://dafilms.com/download/key/GpxVEvgaSA

Festa Mundial da Animação

Festa Mundial da Animação
www.casa-da-animacao.pt/

28.10.2015

Esta quarta-feira, 28 de outubro, assinala-se o Dia Mundial da Animação! A iniciativa vai ser celebrada à escala mundial com um mega evento que acontece em simultâneo em mais de 50 países. Em Portugal a festa é organizada pela Casa da Animação e estende-se a várias cidades do país com sessões de cinema, oficinas, exposições e outras actividades.

A Agência da Curta Metragem foi convidada a programar uma sessão que será exibida em várias cidades. Nesta sessão é possível contemplar animações portuguesas e europeias multipremiadas que integram o catálogo da rede de distribuidores de curta-metragem e video-arte Short Circuit.

Curtas da Agência no Cinanima

Curtas da Agência no Cinanima
Within de Natália Andrade

28.10.2015

Cinco curtas-metragens do catálogo da Agência da Curta Metragem vão integrar a competição do 39º Cinanima, que decorre entre os dias 9 e 15 de novembro em Espinho.

O filme de animação “Os Bravos do Mindelo”, realizado por estudantes durante a ANIMAR 10, será apresentado na competição “Prémio Jovem Cineasta Português” dedicada a jovens cineastas com menos de 18 anos.

Já “Within”, de Natália Andrade; “Amélia & Duarte” de Mónica Santos e Alice Guimarães; “Vigil” de Rita Neves; e “Campo à Beira Mar” de André Ruivo, vão competir pelo Prémio António Gaio.

O Dia Mais Curto regressa em dezembro!

O Dia Mais Curto regressa em dezembro!
O Dia Mais Curto 2015

27.10.2015

Já estão em andamento os preparativos para a 3ª edição d’ O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem. Se é programador e deseja associar-se a esta iniciativa contacte a Agência da Curta Metragem até ao dia 16 de novembro!

Este ano, a iniciativa arranca no inicio do mês culminando no dia 21, o dia mais curto do ano, em pleno Solstício de Inverno. Este fenómeno astronómico inspirou a ideia de promover a curta-metragem incentivando a realização de sessões públicas em diversos espaços em todo o país.

Quer seja online, na televisão, em cinemas, bibliotecas, centros culturais, cineclubes, ou em diferentes espaços públicos ou comunitários, a apresentação de curtas-metragens durante este curto, mas intenso dia, proporcionará ao público a oportunidade de descobrir um grande número de cineastas e as suas obras.

Durante todo o dia 21 de dezembro, serão programadas sessões em várias cidades do país que vão apresentar uma seleção de curtas-metragens com produções nacionais e internacionais, para adultos e crianças. As instituições poderão associar-se à iniciativa através dos quatro programas disponibilizados pela Agência da Curta Metragem ou através de programas próprios.

Na edição de 2014, O Dia Mais Curto contou com mais 4000 espectadores, 68 sessões e mais de 35 filmes em 24 localidades portuguesas.

O Dia Mais Curto nasceu em França em 2011 e, todos os anos, é celebrado em simultâneo em dezenas de países em todo o mundo. Em Portugal, a iniciativa será, uma vez mais, desenvolvida pela Agência da Curta Metragem em cooperação com várias das suas congéneres europeias.

As instituições interessadas em associar-se a’ O Dia Mais Curto 2015 deverão contactar a Agência da Curta Metragem até ao dia 16 de novembro:

Jussara Germano
jussara@curtas.pt
+351 252 643386

Mar del Plata International Film Festival

Mar del Plata International Film Festival
A Glória de Fazer Cinema em Portugal

27.10.2015

As curtas-metragens “Iec Long”, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, “A Glória de Fazer Cinema em Portugal”, de Manuel Mozos, e “Noite Sem Distância”, de Lois Patiño, estão selecionadas para a secção “Panorama” do Festival Mar Del Plata que decorre entre 30 de outubro e 7 de novembro em Buenos Aires.

“Os Olhos do Farol” no Musée des Phares et Balises

“Os Olhos do Farol” no Musée des Phares et Balises
Os Olhos do Farol

21.10.2015

A curta-metragem “Os Olhos do Farol”, de Pedro Serrazina, vai estar em exibição permanente no museu francês “Musée des Phares et Balises”, situado na ilha de Ouessant, na região da Bretanha.

O museu, que tem ao seu cuidado coleções nacionais relacionadas com a história dos faróis, vai apresentar durante três anos, entre dezembro de 2015 e novembro de 2018, um conjunto de filmes ligados à temática do museu e adaptados ao publico que o visita.

A convite do Musée des Phares et Balises, o realizador Pedro Serrazina irá apresentar o filme no Museu, no próximo ano.

Programa de Halloween na Universidade do Porto

Programa de Halloween na Universidade do Porto

13.10.2015

No dia 31 de outubro, entre as 15:00 e as 19:00, a Reitoria da Universidade do Porto apresenta um programa de Halloween para os mais novos com oficinas, tertúlias e uma sessão de cinema, preparada pela Agência da Curta Metragem.

A mostra de curtas-metragens apresentará os filmes de Regina Pessoa “Noite”, “História Trágica com um Final Feliz” e “Kali, o Pequeno Vampiro”;“20 Desenhos e um Abraço” de José Miguel Ribeiro; “Os Olhos do Farol” de Pedro Serrazina; “Serão” de Joana Toste e “Mi Vida En Tus Manos” de Nuno Beato.

Festival de Cinema Animatou

Festival de Cinema Animatou
"Passeio de Domingo" de José Miguel Ribeiro

05.10.2015

A Agência da Curta Metragem em parceria com Animatou – Festival Internacional du Film d’Animation, que se realiza em Genebra, na Suíça, irá exibir um grande programa retrospetivo de curtas-metragens de animação portuguesas entre 1 e 11 de Outubro, programado pela Casa da Animação.

Carte Blanche no Cinemed

Carte Blanche no Cinemed
AMÉLIA & DUARTE de Alice Guimarães e Mónica Santos

05.10.2015

A convite do Cinemed – Festival de Cinema Mediterranéen de Montpellier, a Agência da Curta Metragem apresenta, esta segunda-feira, uma “Carte Blanche” dedicada à animação portuguesa.

A sessão “O Meu País É o Que o Mar Não Quer”, cujo nome é inspirado no poema ‘Morte ao Meio-Dia’, de Ruy Belo, sobre a emigração portuguesa durante o Estado Novo, apresenta a riqueza do cinema de animação e da cultura portuguesa através de alguns dos filmes mais emblemáticos do catálogo da Agência da Curta Metragem.

O programa, que será exibido esta segunda-feira, 26 de outubro, com repetição no último dia do festival, a 31 de outubro, é composto pelas curtas-metragens “Os Olhos do Farol” de Pedro Serrazina; “Clandestino” de Abi Feijó; “História Trágica com Final Feliz” de Regina Pessoa; “Viagem a Cabo Verde”e “Abraço do Vento” de José Miguel Ribeiro; “O Canto dos 4 Caminhos” de Nuno Amorim; “Fado do Homem Crescido” de Pedro Brito; e “Amélia & Duarte” de Alice Guimarães e Mónica Santos.

Agência no CurtoCircuito

Agência no CurtoCircuito
CurtoCircuito 2015

30.09.2015

A 12ª edição do Festival Internacional de Cinema de Santiago de Compostela, CurtoCircuito, que decorre entre os dias 6 e 11 de outubro em Espanha, terá três filmes do catálogo da Agência em competição. “Amélia e Duarte”, de Alice Guimarães e Mónica Santos, e “Sobre El Cielo”, de Jorge Quintela, vão integrar a secção Penínsulas. Já “Noite Sem Distância” de Lois Patiño competirá na secção Explora, dedicada a filmes que desafiam a ideia convencional de cinema.

No mesmo festival, a Agência apresentará também duas sessões de curtas-metragens dedicadas à produtora O Som e a Fúria. A primeira sessão deste programa será composta pelos filmes “Remains” de Sandro Aguilar, “Nuvem”, de Basil da Cunha e a “Entretanto”, de Miguel Gomes. As curtas-metragens “False Twins”, de Sandro Aguilar, “Gambozinos”, de João Nicolau, “O Cântico das Criaturas” de Miguel Gomes, e “O Velho do Restelo” de Manoel de Oliveira, serão exibidas na segunda sessão.

O Festival Curto Circuito apresentará ainda uma restrospetiva dedicada a João Salaviza que inclui a curta-metragem “Strokkur”.

Doclisboa 2015

Doclisboa 2015
"Vila do Conde Espraiada" de Miguel Clara Vasconcelos

29.09.2015

As curtas-metragens “Vila do Conde Espraiada”, de Miguel Clara Vasconcelos, “A Glória de Fazer Cinema em Portugal”, de Manuel Mozos, e “Acorda, Leviatã”, de Carlos Conceição, foram selecionadas para a 13ª edição do Doclisboa, que decorre entre os dias 22 de outubro e 1 de novembro.

“Vila do Conde Espraiada” e “Acorda, Leviatã”, serão exibidas na Competição Nacional, enquanto “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” integrará a Competição Internacional do festival.

"Coro dos Amantes" nos cinemas a 15 de outubro

"Coro dos Amantes" nos cinemas a 15 de outubro
"Coro dos Amantes" de Tiago Guedes

14.09.2015

A curta-metragem “Coro dos Amantes”, de Tiago Guedes, será exibida nas salas de cinema nacionais a partir do dia 15 de Outubro, em complemento do filme “A Uma Hora Incerta”, escrito e realizado por Carlos Saboga.

Em “Coro dos Amantes”, duas personagens, interpretadas por Isabel Abreu e Gonçalo Waddington contam o mesmo acontecimento sob duas perspectivas diferentes. O filme, realizado a partir de um texto de Tiago Rodrigues, integrou a Competição Nacional de Curtas-Metragens no festival IndieLisboa e passou também pelo Festival Curtas Vila do Conde.

“Coro dos Amantes” foi ainda distinguido no Festival Caminhos do Cinema Português, onde ganhou o Prémio da Imprensa e o Prémio para Melhor Actriz, atribuído a Isabel Abreu. Internacionalmente, o filme esteve no Leeds International Film Festival, onde venceu uma Menção Honrosa, no FICG — Festival Internacional de Cine en Guadalajara, e também no MECAL — Festival Internacional de Curtmetratges i Animació de Barcelona.

"Noite Sem Distância" em Toronto e Nova Iorque

"Noite Sem Distância" em Toronto e Nova Iorque
"Noite Sem Distância"

27.08.2015

Depois da estreia no Curtas Vila do Conde e da passagem pelo prestigiado Festival de Cinema de Locarno, “Noite Sem Distância”, do realizador galego Lois Patiño, será apresentada, em estreia norte-americana, no 40º Festival Internacional de Cinema de Toronto, que decorre entre 10 e 20 de setembro. A curta-metragem integra a secção “Wavelengths”, uma mostra de filmes “avant-garde”, que apresentará também os três volumes de “As Mil e Uma Noites”, de Miguel Gomes.

O filme seguirá, depois, para o Festival de Cinema de Nova Iorque, que acontece entre 25 de setembro e 11 de outubro.

Filmada na fronteira entre Portugal e Galiza, “Noite Sem Distância”, aborda as histórias daquela região, entre elas, o papel que o contrabando teve no desenvolvimento dos dois países. O filme, em negativo, conta com a participação de alguns habitantes da região que foram, inclusivamente, contrabandistas na juventude.

“Noite Sem Distância” é um dos filmes produzidos pela Curtas Metragens CRL, entidade responsável pelo Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, integrando, na equipa técnica, estudantes de cinema de audiovisual da região norte.

Curtas Portuguesas premiadas em Badajoz

Curtas Portuguesas premiadas em Badajoz
Miami, de Simão Cayatte

21.07.2015

As curtas-metragens “Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, e “Miami”, de Simão Cayatte, foram premiadas na 23ª edição do Festival Ibérico de Cinema que terminou no passado sábado, 18 de julho.

“Fuligem” foi galardoada com o Prémio Especial de Animação do Festival e ainda o Prémio CEXECI do Júri Jovem. Já Alda Baptista, atriz de “Miami”, foi distinguida com o prémio para Melhor Interpretação Feminina.

Filmes da Agência em Locarno

Filmes da Agência em Locarno
Maria do Mar, de João Rosas

15.07.2015

O Festival de Cinema de Locarno selecionou quatro curtas-metragens de produção portuguesa, distribuídas pela Agência da Curta Metragem, para integrarem o programa do certame: “Maria do Mar”, de João Rosas, estará na competição, enquanto “Undisclosed Recipients” de Sandro Aguilar, “A Glória de Fazer Cinema em Portugal” de Manuel Mozos e “Noite Sem Distância” de Lois Patiño, produzidas pela Curtas Metragens CRL, serão apresentadas na secção não competitiva Fuori Concorso.

O Festival Internacional de Cinema de Locarno anunciou, esta quarta-feira, em conferência de imprensa, a programação da 68ª edição do certame que decorre entre 5 e 15 de agosto.

A curta-metragem “Maria do Mar”, de João Rosas, vencedora da Competição Nacional do 23º Curtas Vila do Conde foi selecionada para a Competição Pardo di Domani (Leopards of Tomorrow). Esta secção competitiva é reservada a filmes de curta e média duração realizados por jovens cineastas que ainda não realizaram longas-metragens.

Fora da Competição, na secção Fuori Concorso, serão apresentadas as três produções do Curtas Vila do Conde realizadas por Lois Patiño, Sandro Aguilar e Manuel Mozos. Esta secção apresenta curtas-metragens de relevo de cineastas proeminentes. Trata-se de um prestigiado programa, com uma importância crescente, pois o Festival de Locarno não inclui uma competição de filmes de cineastas que já tenham realizado longas-metragens.

Agência da Curta Metragem leva produção portuguesa a Annecy

Agência da Curta Metragem leva produção portuguesa a Annecy
AMÉLIA E DUARTE, de Alice Guimarães e Mónica Santos

10.06.2015

A Agência da Curta Metragem vai marcar presença no Mercado do Filme de Animação do Festival de Annecy. “Amélia & Duarte” e “Fuligem”, do catálogo de filmes da Agência, serão exibidos no festival que decorre entre 15 e 20 de junho em França.

A Agência da Curta Metragem vai marcar presença no 30º Mercado Internacional do Filme de Animação do Festival de Annecy, que decorre entre 17 e 19 de junho em França. A Agência vai partilhar um stand promocional com a Casa da Animação, naquele que é o principal espaço de divulgação, promoção e distribuição de Animação a nível internacional, pela sua dimensão e número de profissionais acreditados. Segundo a organização, estarão presentes no Mercado cerca de 2500 profissionais de 75 países, oferecendo diversas oportunidades para o estabelecimento de contactos e relações essenciais à afirmação da Animação portuguesa no panorama internacional.

Os filmes “Amélia & Duarte”, de Alice Guimarães e Mónica Santos, e “Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, ambos do catálogo da Agência, serão exibidos no festival francês. “Amélia & Duarte” integrará a competição Internacional de Annecy enquanto “Fuligem” será exibido na secção Fora de Competição.

Cinema Português em destaque no Festival de Taipé (Taiwan)

Cinema Português em destaque no Festival de Taipé (Taiwan)
Iec Long, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata

02.06.2015

Portugal será o país em destaque no Festival Internacional de Cinema de Taipé, um dos mais prestigiados do continente asiático, que decorre entre 26 de junho e 18 de julho em Taiwan.

Em parceria com a Agência da Curta Metragem, o Festival vai exibir um vasto programa de curtas-metragens portuguesas de autores consagrados, mas também de cineastas emergentes, com o objetivo de dar a conhecer, ao público de Taiwan, a cultura e o cinema nacionais. O Certame apresentará, assim, obras de Manoel de Oliveira, João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, Sandro Aguilar, Miguel Gomes, João César Monteiro, Paulo Rocha, Joaquim Pinto, Fernando Lopes, António Reis e Margarida Cordeiro, Teresa Villaverde, Manuel Mozos, Gabriel Abrantes, João Salaviza, João Nicolau, Basil da Cunha, Carlos Conceição, Regina Pessoa e Joana Pimenta.

Em destaque no Festival estarão também os cineastas João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, na secção “Filmmakers In Focus”. A restrospetiva dedicada à dupla de realizadores apresentará a série dos denominados “filmes asiáticos”: “Iec Long” (2014); “Mahjong” (2013); “A Última Vez que Vi Macau” (2012); “Alvorada Vermelha” (2011) e “China, China” (2007), bem como as longas “Morrer como um Homem” (2009); “Odete” (2005); “O Fantasma (2000), todas as curtas de João Pedro Rodrigues e ainda “O que arde cura” de Guerra da Mata.

Programa de curtas-metragens:

SINAIS DE SERENIDADE POR COISAS SEM SENTIDO de Sandro Aguilar;
DIVE: APPROACH AND EXIT de Sandro Aguilar;
JEWELS de Sandro Aguilar ;
MERCURIO de Sandro Aguilar;
A SERPENTE de Sandro Aguilar;
REMAINS de Sandro Aguilar;
O VELHO DO RESTELO de Manoel de Oliveira;
BOA NOITE CINDERELA de Carlos Conceição;
GAMBOZINOS de João Nicolau;
AS FIGURAS GRAVADAS NA FACA COM A SEIVA DAS BANANEIRAS de Joana Pimenta;
CHINA, CHINA de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata;
ALVORADA VERMELHA de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata;
O CORPO DE AFONSO de João Pedro Rodrigues;
MANHÃ DE SANTO ANTÓNIO de João Pedro Rodrigues;
O QUE ARDE CURA de João Rui Guerra da Mata;
IEC LONG de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata;
INVENTÁRIO DE NATAL de Miguel Gomes;
NUVEM de Basil da Cunha;
RAFA de João Salaviza;
HISTÓRIA TRÁGICA COM FINAL FELIZ de Regina Pessoa.

Luminita, de André Marques, selecionado para o Les Nuits en Or 2015

Luminita, de André Marques, selecionado para o Les Nuits en Or 2015
Luminita, de André Marques

25.05.2015

A curta-metragem “Luminita”, de André Marques, foi selecionada para o programa Les Nuits en Or 2015, organizado pela Academia Francesa de Cinema. O filme, vencedor do prémio Sophia 2015, será apresentado em duas secções do programa: no Panorama, constituído por todos os vencedores de prémios nacionais de cinema, que serão exibidos em Lisboa, Luxemburgo, Estocolmo, Madrid, Atenas, Roma, Bruxelas, Geneva e Paris, e na secção Tour que permitirá aos 35 realizadores representarem os seus filmes em 4 cidades do Panorama.

Iec Long premiado no Macau Indies 2015

Iec Long premiado no Macau Indies 2015
Iec Long, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata

18.05.2015

A curta-metragem “Iec Long”, da dupla João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, foi distinguida no Festival Macau Indies 2015 com o Jury Commendation award (Prémio de Louvor). A curta, filmada em Macau, dá a conhecer as ruínas de uma antiga fábrica de panchões – fogo de artifício em macaense – povoada de fantasmas e memórias dos trabalhadores, numa narrativa que desafia a realidade, criando um álbum de geografia física e emocional daquele lugar.

André Marques em retrospectiva na Roménia

André Marques em retrospectiva na Roménia
Retrospectiva na Cinemateca Romena

04.05.2015

A Cinemateca Romena, em Bucareste, apresenta a 8 de maio uma retrospetiva dedicada ao trabalho de André Marques através da exibição das curtas-metragens “João e o Cão”, “O Lago” e “Luminita”.

A mais recente curta-metragem do realizador, “Luminita”, filmada na Roménia, será exibida, nos próximos meses, em várias cidades europeias: Bruxelas, Lisboa, Luxemburgo, Genebra, Roma, Atenas, Madrid, Estocolmo e Paris.

Le Boudin premiado no Visions du Reel

Le Boudin premiado no Visions du Reel
Le Boudin, de Salomé Lamas

27.04.2015

A curta-metragem documental “Le Boudin” de Salomé Lamas recebeu o prémio Sesterce d’or La Mobilie?re pour le meilleur court me?trage de la Compe?tition Internationale, no valor de 5000CHF, no Visions du Reel, Festival International Nyon.

O júri, na sua motivação, afirma: “Le Boudin utiliza uma estrutura original, articulada pelas noções da ausência, da fragmentação e da deformação, para desvelar o passado tumultuoso de um indivíduo alistado na Legião estrangeira. Ao utilizar um adolescente como personagem central, o filme relata acontecimentos e interpela diferentes gerações mostrando o poder incomparável que o cinema tem de tratar com o horror e representá-lo sem o ilustrar”

“Provas, Exorcismos” de Susana Nobre na Quinzena dos Realizadores

“Provas, Exorcismos” de Susana Nobre na Quinzena dos Realizadores
“Provas, Exorcismos” de Susana Nobre

21.04.2015

A curta-metragem “Provas, Exorcismos”, de Susana Nobre, vai integrar a 47ª edição da Quinzena dos Realizadores, a secção paralela ao prestigiado Festival de Cannes, que decorre entre 14 e 24 de maio em França. A ficção de 25 minutos será exibida em estreia internacional.

Os programadores, responsáveis pela seleção de filmes da Quinzena dos Realizadores, referiram que “Provas, Exorcismos” destacou-se dos demais pelo forte impacto sociopolítico da narrativa.

Nas palavras da realizadora, Susana Nobre, “a história deste filme é uma forma de exorcismo. É a história de Óscar Germano, protagonista do filme e testemunha principal da sua própria narrativa. Óscar vê-se confrontado com o fecho da fábrica onde trabalhou durante 25 anos. Apesar do trabalho irrisório que executava, este conferia harmonia e equilíbrio ao seu dia-a-dia. Óscar junta-se aos seus colegas para fazer prova de resistência face ao iminente fecho da fábrica. Num desfecho previsível, a fábrica fecha. Sem dramatismo, Óscar obedece à repetição que se impõe, procurar um novo posto de trabalho. Feito nos rituais quotidianos da vida da casa, do trabalho, numa pequena localidade (Alhandra) marcada por uma paisagem caracterizada pelo rio, a serra, a fábrica, a linha do comboio, Óscar arranja um novo emprego na fábrica em que teve a sua primeira experiência profissional e onde, aos 16 anos, ficou com um dedo mutilado num acidente.”

“Provas, Exorcismos” será exibido em estreia internacional na Quinzena dos Realizadores. Esta secção, paralela ao Festival de Cannes, existe desde 1969 e tem como objetivo a apresentação de filmes, não só de realizadores emergentes, mas também de autores consagrados.

Festival de Brive

Festival de Brive
Boa Noite Cinderela, de Carlos Conceição

08.04.2015

As curtas-metragens “Iec Long”, de João Rui Guerra da Mata e João Pedro Rodrigues, e “Boa Noite Cinderela”, de Carlos Conceição, vão integrar a Competição Europeia da 12ª edição do Festival de Cinema de Brive, que decorre entre 14 e 19 de abril na cidade francesa.

Next Film Festival

Next Film Festival
Theatrum Orbis Terrarum, de Salomé Lamas

08.04.2015

O filme “Boa Noite Cinderela”, de mens earrings Carlos Conceição, está selecionado para a Competição Internacional do 9º Next – Festival Internacional de Cinema. Já as curtas-metragens “Iec Long”, de João Rui pearl earrings Guerra da Mata e João Pedro Rodrigues, “Manifesto dos Danados”, de João Niza Ribeiro, e ainda “Theatrum Orbis Terrarum”, de Salomé Lamas, womens earrings vão ser apresentadas no Programa Especial do Festival que decorre entre 15 e 19 de abril em Bucareste, na Roménia.

"Fuligem" recebe prémio Sophia

"Fuligem" recebe prémio Sophia
David Doutel e Vasco Sá nos prémios Sophia 2015

06.04.2015

“Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, foi considerada a Melhor Curta Metragem de Animação nos Prémios Sophia, da Academia Portuguesa de Cinema.
A cerimónia, que desde 2012 distingue os profissionais do cinema nacional pelos próprios pares, realizou-se a 2 de abril no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Panorama - Mostra do Documentário Português

Panorama - Mostra do Documentário Português
Le Boudin, de Salomé Lamas

01.04.2015

A 9ª edição do Panorama – Mostra do Documentário Português, que decorre entre 15 e 19 de abril em Lisboa, vai contar com quatro filmes promovidos pela Agência da Curta Metragem: a longa “A Mãe e o Mar”, de Gonçalo Tocha, e as curtas “Três Semanas em Dezembro” de Laura Gonçalves, “Le Boudin”, de Salomé Lamas, e “As Figuras Gravadas na Faca com a Seiva das Bananeiras”, de Joana Pimenta.

Mostra de Cinema Português em Espanha

Mostra de Cinema Português em Espanha
Manhã de Santo António, de João Pedro Rodrigues

01.04.2015

A Agência da Curta Metragem colaborará com a prefeitura de Oviedo para a exibição de cinema Português numa mostra de contemporâneo, naquela cidade espanhola.
As sessões, que contarão com a presença de um representante da Agência, terão lugar no dia 1 e 2 de Maio.

Sessão 1
A MÃE E O MAR de Gonçalo Tocha

Sessão 2
MANHÃ DE SANTO ANTÓNIO de João Pedro Rodrigues
ALVORADA VERMELHA de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata
DIVE APPROACH AND EXIT de Sandro Aguilar
MÁ RAÇA Andre Santos e Marco Leão

Universidade de Harvard dedica retrospetiva a João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata

Universidade de Harvard dedica retrospetiva a João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata
Iec Long, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata

31.03.2015

De 3 a 6 de abril, o Harvard Film Archive da Universidade de Harvard, uma das mais prestigiadas do mundo, dedica uma retrospetiva ao trabalho da dupla de realizadores João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata. A mostra intitulada “The Road to Macao” / “A caminho de Macau”, que contará com a presença dos cineastas, inclui, entre outros, a série de filmes inspirados na Ásia: “Iec Long” (2014); “Mahjong” (2013); “A última vez que vi Macau” (2012); “ Alvorada Vermelha” (2011) e “China, China” (2007).

O novo trabalho de João Rui Guerra da Mata e João Pedro Rodrigues, “Iec Long”, é o quinto de uma série de filmes, denominados “filmes asiáticos” pelos autores, que marcam o reencontro de Guerra da Mata com Macau, cidade que marcou profundamente a infância do realizador. O filme estreou em Portugal no Porto/Post/Doc em dezembro de 2014 e, desde então, tem integrado o circuito internacional dos festivais de cinema. A curta-metragem abrirá a segunda edição do Art of Real, mostra organizada pela New York’s Film Society que decorre no Lincoln Center de 10 a 26 de abril.

Nos próximos meses, “Iec Long” integrará ainda a seleção de Festivais como o Next International Film Festival (Roménia), o Festival du Cinéma de Brive (França) e o Macao International Film and Video Festival 2015 – Macao Indies (China).

"Amélia & Duarte" e "Fuligem" no Festival de Annecy

"Amélia & Duarte" e "Fuligem" no Festival de Annecy
Amélia & Duarte, de Alice Guimarães e Mónica Santos

31.03.2015

As curtas-metragens “Amélia & Duarte” e “Fuligem” vão integrar o Festival de Animação de Annecy 2015, que decorre entre 15 e 20 de junho em França.

“Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, será exibido fora de competição enquanto “Amélia & Duarte”, de Alice Guimarães e Mónica Santos, vai integrar a Competição Internacional do Festival. O filme de animação ilustra o final de uma relação recorrendo à pixilação e stop-motion numa ambiência Technicolor da década de 50, retratando não só o surrealismo das ações dos protagonistas, mas também proporcionando uma impressão cromática irónica sobre o fim do amor.

Curtas-metragens portuguesas no BAFICI

Curtas-metragens portuguesas no BAFICI
False Twins, de Sandro Aguilar

31.03.2015

As curtas-metragens “O Velho do Restelo”, de Manoel de Oliveira, e “False Twins”, de Sandro Aguilar, vão integrar a secção Panorama da 17ª edição do BAFICI – Festival de Cinema Independente de Buenos Aires, que decorre entre 15 e 25 de abril.

Realizadora portuguesa premiada nos EUA

Realizadora portuguesa premiada nos EUA
As Gravuras Gravadas na Faca com a Seiva das Bananeiras, de Joana Pimenta

30.03.2015

A curta-metragem experimental“As Gravuras Gravadas na Faca com a Seiva das Bananeiras”, de Joana Pimenta, venceu o Prémio Tom Berman para o Realizador Mais Promissor da 53ª edição do Ann Arbor Film Festival, que decorreu entre 24 e 29 de março nos Estados Unidos da América.

Imagens que Falam

Imagens que Falam
Ana – Um Palíndromo, de Joana Toste

26.03.2015

Imagens que Falam – Programa de Cinema de Animação com a produção da Olho de Vidro, Associação Cinematográfica de Guimarães – arranca no próximo dia 29 de Março às 16h30 na Sala Manoel de Oliveira, pelo Cineclube de Fafe. A sessão irá contar com a presença dos realizadores David Doutel e Vasco Sá e de um membro da organização do Programa.

Este programa itinerante é composto pelos seguintes filmes:

SESSÃO 1
Abraço do Vento de José Miguel Ribeiro
Cicatriz de Icaro e Tânia Duarte
Ana – Um Palíndromo de Joana Toste
Fuligem de Vasco Sá e David Doutel
M de Joana Bartolomeu
1999 de Francisco Lança
Os Olhos do Farol de Pedro Serrazina

SESSÃO 2
Composito III de Miguel Pires Matos
Com uma sombra na alma de Fernando Galrito e João Ramos
O Canto dos 4 Caminhos de Nuno Amorim
A meio da noite de Fernando Saraiva
Carrotrope de Paulo D’Alva
Pássaros de Filipe Abranches

Sessão para escolas em Setúbal

Sessão para escolas em Setúbal
A Suspeita, de José Miguel Ribeiro

26.03.2015

Nos dias 16 e 21 de Abril, a Câmara Municipal de Setúbal irá realizar duas sessões de cinema para escolas do 1º ciclo e ensino pré-escolar, no Teatro Charlot,, com filmes distribuídos pela Agência da Curta Metragem.

Sessão 1
3×3 de Nuno Rocha,
Dodu, o Rapaz de Cartão de José Miguel Ribeiro,
Ginjas de Zepe e Humberto Santana,
Ginjas de Zepe e Humberto Santana,
Ginjas de Zepe e Humberto Santana,
Amigo do peito
Ema&Gui de Nuno Beato,
O Canto dos 4 Caminhos de Nuno Amorim,
Flamingo Pride de Tomer Eshed,

Sessão 2
Afonso Henriques, o Primeiro Rei de Pedro Lino,
Kiosk de Anete Melece,
Flamingo Pride de Tomer Eshed,
Historia Trágica com Final Feliz de Regina Pessoa,
3×3 de Nuno Rocha,
Amigo do Peito
A Suspeita de José Miguel Ribeiro,

"Fuligem" vence 3 prémios no Monstra

"Fuligem" vence 3 prémios no Monstra
Fuligem, de David Doutel e Vasco Sá

24.03.2015

“Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, venceu o prémio de Melhor Curta Metragem Portuguesa na 14ª edição do Festival de cinema de animação Monstra, que decorreu entre 12 e 22 de março em Lisboa. O filme de animação arrecadou ainda o Prémio Especial do Júri da Competição Internacional e o Prémio do Público da Competição Nacional do Festival.

O filme de 14 minutos, com banda sonora de The Legendary Tigerman e Rita Redshoes, teve estreia mundial no Curtas Vila do Conde, em 2014, e desde então tem integrado a seleção de vários festivais de cinema. Em Portugal, foi o primeiro filme nacional a vencer o grande prémio do Cinanima – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho.

Também o filme “O Canto dos 4 Caminhos”, de Nuno Amorim, recebeu uma menção honrosa SPA/Vasco Granja no Monstra.

"Fuligem" e "Land of My Dreams" no Festival Go Short

"Fuligem" e "Land of My Dreams" no Festival Go Short
Land of my Dreams, de Yann Gonzalez

18.03.2015

A curta-metragem de animação “Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, é um dos 60 filmes selecionados para a Competição Internacional do Go Short – International Short Film Festival Nijmegen, que decorre entre 8 e 12 de abril na Holanda.

A sétima edição do festival vai apresentar também uma retrospetiva do trabalho do realizador francês Yann Gonzalez. O filme “Land of My Dreams”, encomendado ao cineasta pelo 20º Curtas Vila do Conde, é um dos filmes que serao apresentados no programa. A curta-metragem conta a história de mãe e filha que, após se reencontrarem no Porto, fazem-se à estrada juntas.

Iec Long estreia em Nova Iorque

Iec Long estreia em Nova Iorque
IEC LONG

06.03.2015

“Iec Long”, a mais recente curta-metragem de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, será apresentada no “Arts of the Real”, da Film Society of Lincoln Center. A mostra de cinema, dedicada à apresentação de documentários de todo o mundo, decorre entre 11 e 26 de abril em Nova Iorque.

Nomeados aos Prémios Sophia 2015

Nomeados aos Prémios Sophia 2015

05.03.2015

Foram anunciados hoje os nomeados à edição de 2015 dos Prémios Sophia, da Academia Portuguesa de Cinema.

“Le Boudin” de Salomé Lamas concorre na categoria de curta-metragem documental, enquanto “20 Desenhos e Um Abraço”, de José Miguel Ribeiro; “Canto dos 4 Caminhos”, de Nuno Amorim; e “Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, concorrem na categoria de curta-metragem de animação.

“Cinema” de Rodrigo Areias; “Coro dos Amantes” de Tiago Guedes; “Miami” de Simão Cayatte e “Os Sonâmbulos” de Patrick Mendes estão nomeadas para a categoria de curta-metragem de ficção.

A cerimónia de entrega dos prémios decorre a 22 de abril em Lisboa.

FICUNAM - Festival Internacional de Cine UNAM

FICUNAM - Festival Internacional de Cine UNAM
O Velho do Restelo, de Manoel de Oliveira

03.03.2015

“Iec Long”, a nova curta-metragem de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, foi exibida no programa “Manifiesto Contemporáneo” do FICUNAM.

Na mesma secção encontram-se outros filmes portugueses: a mais recente curta-metragem de Manoel de Oliveira “O Velho do Restelo”, a longa “Cavalo Dinheiro” de Pedro Costa e o documentário de Manuel Mozos “João Bénard da Costa – Outros Amarão as Coisas Que Eu Amei”.

“O Milagre de Santo António”, documentário de Sergei Loznitsa, produzido pela Curtas Metragens CRL, está incluído na retrospetiva dedicada à obra deste autor.

Monstra - Festival de Cinema de Animação de Lisboa

Monstra - Festival de Cinema de Animação de Lisboa
Fado do Homem Crescido de Pedro Brito

03.03.2015

A convite da Monstra – Festival de Cinema de Animação de Lisboa, a Agência da Curta Metragem preparou um programa que expõe a diversidade de estéticas do género através de algumas das maiores pérolas animadas com as quais a Agência teve a oportunidade de trabalhar que são, também, alguns dos exemplos mais significativos do sucesso e reconhecimento internacional alcançados pela animação nacional.

Programa:

FADO DO HOMEM CRESCIDO de Pedro Brito
SSAROS de Filipe Abranches
VIAGEM A CABO VERDE de José Miguel Ribeiro
A DAMA DA LAPA de Joana Toste
NDIDO de Zepe
CLANDESTINO de Abi Feijó
OS OLHOS DO FAROL de Pedro Serrazina
HISTÓRIA TRÁGICA COM FINAL FELIZ de Regina Pessoa

As curtas-metragens “20 Desenhos e um Abraço”, de José Miguel Ribeiro; “Fuligem” de David Doutel e Vasco Sá; e “O Canto dos 4 Caminhos” de Nuno Amorim, filmes que fazem parte do catálogo da Agência, vão integrar a competição da 15ª edição do festival que decorre entre os dias 12 e 22 de março na capital.

Serralves dedica ciclo a Salomé Lamas

Serralves dedica ciclo a Salomé Lamas
Salomé Lamas

23.02.2015

Entre 20 de fevereiro e 3 de maio, a Fundação Serralves apresenta um ciclo dedicado à obra da realizadora Salomé Lamas. Os filmes da artista têm sido exibidos em inúmeros festivais de cinema nacionais e internacionais e recebido prémios e distinções. A exposição em Serralves apresenta três filmes recentes: “Terra de Ninguém” (2012), “Theatrum Orbis Terrarum” (2013) e a estreia de um novo trabalho, “Mount Ananea (5853)” (2015).

A 14 de março Salomé Lamas participará numa conversa, integrada na exposição, com o curador João Ribas, seguindo-se a apresentação de quatro outros filmes realizados pela artista. “Paraficção” inclui, ainda, o lançamento de um disco em vinil que, com música de João Lobo, Norberto Lobo, Bruno Moreira e Salomé Lamas, é parte integrante do filme Mount Ananea (5853).

16 anos da Agência da Curta Metragem

16 anos da Agência da Curta Metragem

19.02.2015

A Agência da Curta Metragem foi criada pela Curtas Metragens CRL, entidade que realiza o Curtas Vila do Conde – International Film Festival, o Festival Animar, elabora a programação da Solar – Galeria de Arte Cinemática e o Campus.

Em 2015, a Agência concretiza 16 anos de atividade regular e em constante desenvolvimento na divulgação, promoção e distribuição de curtas-metragens portuguesas. Estes 16 anos de ação em prol da curta-metragem nacional, foram importantes para a afirmação do formato no âmbito do panorama de produção cinematográfica e para a crescente visibilidade e reconhecimento da qualidade desta além fronteiras.

A Agência trabalha com um catálogo de ascende às três centenas de obras portuguesas, caracterizando-se como um agente dinâmico e dinamizador do Cinema Português.

É indispensável também considerar o ecletismo das obras do catálogo da Agência, o cruzamento de diferentes géneros e estilos, de autores consagrados (Manoel de Oliveira, Fernando Lopes, Miguel Gomes, Sandro Aguilar, João Pedro Rodrigues, Regina Pessoa, José Miguel Ribeiro, entre outros) e novos talentos, de distintas gerações de artistas e cineastas e, revela por isso, a complexidade e a riqueza de estéticas e perspetivas de todo um panorama de obras portuguesas cujo sucesso internacional alcançado através da representação da Agência é também um indiscutível facto revelador desse trabalho.

O trabalho da Agência não pressupõe uma estratégia de autopromoção, senão exclusivamente ser uma ferramenta de divulgação de criadores nacionais na área do cinema com o objectivo de dilatar o prestígio da cinematografia portuguesa por todo o mundo através da sua divulgação e propagação. Contudo a notoriedade da Agência entre as redes de exibição, quer no plano nacional quer internacional, é uma evidente consequência do seu contínuo envolvimento, da confiança e do diálogo em grande proximidade com esses parceiros.

Festival de Cinema de Guadalajara

Festival de Cinema de Guadalajara
Três Semanas em Dezembro

18.02.2015

“Três Semanas em Dezembro”, de Laura Gonçalves, “Coro dos Amantes”, de Tiago Guedes e “Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá” vão integrar a competição do 30º Festival Internacional de Cinema de Guadalajara.

O Festival, que este ano decorre entre 5 e 15 de março, é o mais importante da América Latina e México.

"Iec Long" na Berlinale

"Iec Long" na Berlinale
Iec Long

02.02.2015

A nova curta-metragem de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, “Iec Long”, será apresentada na 10ª edição do Forum Expanded da Berlinale. Este filme marca o regreso da dupla de realizadores a Macau, onde foram filmadas também as curtas “China China”, “Alvorada Vermelha”, “A Última vez que vi Macau” e “Mahjong”.

A nova curta-metragem explora as ruinas de uma antiga fábrica de panchões – fogo de artifício em macaense – povoada de fantasmas e memórias passadas dos seus trabalhadores, traçando um puzzle em que a narrativa desafia a realidade, criando um álbum de geografia física e emocional daquele lugar.

Curtas portuguesas no Festival de Clermont-Ferrand

Curtas portuguesas no Festival de Clermont-Ferrand
Agência no Mercado de Clermont Ferrand em 2014

26.01.2015

As curtas-metragens “Fuligem” de David Doutel e Vasco Sá, “Blood Brothers” de Marco Espírito Santo e Miguel Coimbra, e “O Canto dos 4 Caminhos” de Nuno Amorim, vão integrar a competição do 37º Festival de Cinema de Clermont-Ferrand, que decorre de 30 de janeiro a 7 de fevereiro em França. Os três filmes fazem parte do catálogo da Agência da Curta-Metragem que estará, uma vez mais, presente no mercado do festival para promover as produções portuguesas.

Do total de 7733 filmes de todo o mundo a concurso, 169 foram selecionados para integrarem a competição do Festival. Apenas duas curtas-metragens portuguesas, das 75 inscritas, estarão na competição principal daquele que é considerado o mais importante festival europeu dedicado ao formato.

A presença da Agência em Clermont- Ferrand é apoiada pela Secretaria de Estado da Cultura, o Instituto do Cinema e Audiovisual, o Instituto Camões, a Embaixada de Portugal em Paris, a Câmara Municipal de Vila do Conde e a Niepoort.

Balanço: O Dia Mais Curto 2014

Balanço: O Dia Mais Curto 2014

20.01.2015

Pelo segundo ano consecutivo em Portugal, o solstício de inverno, a 21 de dezembro, serviu de inspiração a’ O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem. O evento foi celebrado em 24 localidades de norte a sul do país, levando cerca de 4000 espectadores a assistir às 68 sessões apresentadas nos mais variados ecrãs.

Abrantes, Albufeira, Angra do Heroísmo, Barcelos, Constância, Coimbra, Faro, Funchal, Guimarães, Leiria, Lisboa, Madalena, Oeiras, Paredes de Coura, Ponta Delgada, Ponte de Lima, Porto, Sardoal, Setúbal, Tavira, Trofa, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão e Viseu exibiram sessões de curtas-metragens, nacionais e internacionais, para adultos e crianças, proporcionando ao público a oportunidade de descobrir um grande número de cineastas e as suas obras, através dos quatro programas preparados para a ocasião.

O Dia Mais Curto nasceu em França em 2011 e, todos os anos, é celebrado em simultâneo em dezenas de países em todo o mundo. Em Portugal, a iniciativa foi, uma vez mais, desenvolvida pela Agência da Curta Metragem em cooperação com várias das suas congéneres europeias.

www.odiamaiscurto.curtas.pt

Córtex - Festival de Curtas Metragens de Sintra

Córtex - Festival de Curtas Metragens de Sintra
"Miami" de Simão Cayatte

19.01.2015

As curtas-metragens “ O Triângulo Dourado” de Miguel Clara Vasconcelos, “Miami de Simão Cayatte, “Sonâmbulos” de Patrick Mendes, “Fuligem” de David Doutel e Vasco Sá e “3 Semanas em Dezembro” de Laura Gonçalves vão integrar a Competição Nacional do 5º Córtex – Festival de Curtas Metragens que decorre entre 12 e 15 de Fevereiro em Sintra.

Festival de Roterdão

Festival de Roterdão
O Velho do Restelo

05.01.2015

“O Velho do Restelo”, a mais recente obra de Manoel de Oliveira, e “O Triângulo Dourado”, de Miguel Clara Vasconcelos, serão apresentados na 44ª edição do Festival de Cinema de Roterdão, que decorre entre 21 de janeiro e 1 de fevereiro na Holanda.

"Papel de Natal" estreia nos cinemas

"Papel de Natal" estreia nos cinemas
Papel de Natal

18.12.2014

“Papel de Natal”, a nova média-metragem de animação de José Miguel Ribeiro, estreia hoje nas salas de cinema.

No filme “Dodu, um destemido bonequinho de cartão, Camila, uma amorosa menina de 8 anos e Sana, um Pai Natal de todos os dias, resgatam o pai de Camila das garras do Monstro Desperdício, reciclando o papel de embrulho dos presentes de Natal e respirando em sincronia com todas as florestas do Céu e da Terra.”

Salas: – Lisboa: Cinema Ideal, Cinema City Alvalade, Cinema City Campo Pequeno, Cinema City Alfragide, Cinema UCI Corte Inglês; – Porto: Cinema UCI Arrábida; LEIRIA Cinema City Leiria; – Setúbal: Cinema City Alegro; – Amadora: Cinema UCI Dolce Vita Tejo;
-Sintra: Cinema City Beloura – Sessões Especiais: a 21 de Dezembro no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada e a 23 de Dezembro em Montemor-O-Novo no Cine-Teatro Curvo Semedo.

Curta de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata estreia no Porto/Post/Doc

Curta de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata estreia no Porto/Post/Doc
IEC LONG

10.12.2014

IEC LONG, a nova curta-metragem de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, terá estreia mundial no novo Festival de Cinema Porto/Post/Doc a 11 de Dezembro às 23h30, no Cine-Teatro Rivoli, numa sessão apresentada pelos realizadores.

A nova curta-metragem retrata as ruinas de uma antiga fábrica de panchões – fogo de artifício em macaense – povoada de fantasmas e memórias passadas dos seus trabalhadores, traçando um puzzle em que a narrativa desafia a realidade, criando um álbum de geografia física e emocional daquele lugar.

Portugal em destaque no Festival de Leuven

Portugal em destaque no Festival de Leuven
Boa Noite Cinderela, de Carlos Conceição

28.11.2014

Portugal é o país In Focus da 20ª edição do Festival de Leuven, que decorre entre 28 de novembro e 6 de dezembro na Bélgica. Este ano, o certame apresenta duas sessões de curtas portuguesas programadas em colaboração com a Agência da Curta Metragem.

“Um Roupão Vermelho Sangue”, de Pedro Caldas, “Vicky and Sam”, de Nuno Rocha, “North Atlantic”, de Bernardo Nascimento, “Fado do Homem Crescido”, de Pedro Brito, “Cigano” de David Bonneville, “Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, e “Meio Campo” de Pedro Amorim integram o Programa 1, em exibição no cinema ZED a 1 e 2 de dezembro.

Já o Programa 2 apresenta , a 4 e 6 de dezembro no mesmo local, “Momentos”, de Nuno Rocha, “A Suspeita”, de Luís Matta Almeida, “Kali, o Pequeno Vampiro” de Regina Pessoa, “As Ondas”, de Miguel Fonseca, “Dive: Approach and Exit”, de Sandro Aguilar e “Boa Noite Cinderela” de Carlos Conceição.

Salette Ramalho, da Agência da Curta Metragem, integrará o júri da Competição Europeia do festival.

"Fuligem" vence Grande Prémio do Cinanima

"Fuligem" vence Grande Prémio do Cinanima
Fuligem

17.11.2014

“Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, venceu a 38.ª edição do Cinanima – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho, que terminou no sábado, 15 de novembro.

Em 38 edições, esta foi a primeira vez que um filme de realização e produção portuguesas venceu o Grande Prémio do Festival.

A curta-metragem venceu ainda o Prémio António Gaio para o melhor filme da Competição Nacional.


replica gucci handbags
cheap handbags
uggs for cheap
Replica Gucci Handbags
Replica Handbags
Replica Louis Vuitton Handbags
prada outlet
gucci outlet
Replica Handbags

Obra integral de João Pedro Rodrigues em DVD

Obra integral de João Pedro Rodrigues em DVD

17.11.2014

No início de dezembro será lançada em DVD a obra integral de João Pedro Rodrigues, com alguns filmes co-realizados por João Rui Guerra da Mata.

Para além das longas-metragens, o coffret incluirá as curtas e medias-metragens do cineasta português: “O Pastor” (1986), “Esta é a minha casa” (1997), Parabéns! (1997), “China China” (2007), “Alvorada Vermelha (2011), “Manhã de Santo António” (2012), “O Corpo de Afonso” (2013) e ainda “O Que Arde Cura”, de João Rui Guerra da Mata.

Este DVD é uma edição da revista francesa “Les Répliques”.

“O Coro dos Amantes” com menção honrosa no Festival de Leeds

“O Coro dos Amantes” com menção honrosa no Festival de Leeds

17.11.2014

“O Coro dos Amantes”, de Tiago Guedes, recebeu uma menção honrosa na 28º edição do Festival Internacional de Cinema de Leeds, que decorre até 20 de novembro em Inglaterra.

O filme integrou a competição “Louis Le Prince” juntamente com mais 30 curtas-metragens.

“Coro dos Amantes,” que conta com Gonçalo Waddington e Isabel Abreu no elenco, é composto por três “canções” que, a duas vozes, contam o mesmo acontecimento asfixiante sob duas perspectivas diferentes.

Festival Caminhos do Cinema Português

Festival Caminhos do Cinema Português
Ana e Um Palíndromo, de Joana Toste

14.11.2014

Quase uma dezena de filmes do catálogo da Agência da Curta Metragem vão integrar a competição do Festival Caminhos do Cinema Português, que decorre entre 14 e 22 de novembro em Coimbra.

“20 desenhos e um abraço”, de José Miguel Ribeiro, “O Canto dos 4 Caminhos”, de Nuno Amorim, “O Coveiro”, de André Gil Mata, “Carrotrope”, de Paulo D’Alva e “Ana e Um Palíndromo”, de Joana Toste, vão integrar a Secção Caminhos dedicada à Animação.

Na categoria de Ficção concorrem “Na Escama do Dragão”, de Ivo M. Ferreira, “Triângulo Dourado”, de Miguel Clara Vasconcelos, “Coro dos Amantes”, de Tiago Guedes e “Longe do Éden”, de Carlos Amaral.

Retrospectiva de André Gil Mata

Retrospectiva de André Gil Mata

13.11.2014

A 15 de novembro, sábado, às 21h30, o Auditório do Paços da Cultura em São João da Madeira recebe uma retrospectiva de André Gil Mata, com a presença do realizador e apresentação de Cíntia Gil em representação do Doclisboa.

Nesta sessão serão exibidas as curtas-metragens “O Coveiro”, “Casa” e “Arca D’Água” e a longa “Cativeiro”.

A iniciativa, de entrada gratuita, assinala o encerramento do Ciclo Industrial – Uma Cidade em 30 anos.

O DIA MAIS CURTO - Inscrições!

O DIA MAIS CURTO - Inscrições!
A iniciativa será celebrada em simultâneo em vários países

06.11.2014

A 21 de dezembro, o Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem, regressa a Portugal!

Quer seja online, na televisão, em cinemas, bibliotecas, centros culturais, cineclubes, museus, escolas ou em diferentes espaços públicos ou comunitários, a apresentação de curtas-metragens durante este curto, mas intenso dia, tem como objetivo celebrar o formato e porporcionar ao público a oportunidade de descobrir um grande número de cineastas e as suas obras!

As instiuições interessadas poderão associar-se a esta iniciativa através dos quatro programas que a Agência da Curta Metragem preparou para a ocasião ou, então, através de um programa próprio.

Para além de integrarem o programa nacional d’O Dia Mais Curto, os associados receberão gratuitamente os pósters e flyers do evento.

Os interessados deverão contactar a Agência da Curta Metragem até ao próximo dia 20 de novembro !

Informações: www.odiamaiscurto.curtas.pt
Agência da Curta Metragem: agencia@curtas.pt

“Coro dos Amantes” no Festival de Leeds

“Coro dos Amantes” no Festival de Leeds
O Coro dos Amantes

05.11.2014

“O Coro dos Amantes”, a curta-metragem de Tiago Guedes, foi selecionada para a 28ª edição do Festival Internacional de Cinema de Leeds que acontece entre 5 e 20 de novembro em Inglaterra.

O filme integrará a competição “Louis Le Prince” juntamente com mais 30 curtas-metragens. O vencedor desta competição será considerado para as nomeações aos Prémios da Academia, os Óscares.

O Coro dos Amantes, que conta com Gonçalo Waddington e Isabel Abreu no elenco, é composto por três “canções” que, a duas vozes, contam o mesmo acontecimento asfixiante sob duas perspectivas diferentes.

“Fuligem” vence Prémio Nacional de Animação

“Fuligem” vence Prémio Nacional de Animação
Fuligem

03.11.2014

“Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, venceu o Prémio Nacional de Animação atribuído pela Festa da Animação, em Lousada. A curta-metragem ganhou a categoria de Filme Profissional, tendo sido também distinguida com o prémio do público.

Os filmes “20 desenhos e um abraço”, de José Miguel Ribeiro, e “O canto dos quatro caminhos”, de Nuno Amorim, que integram igualmente o catálogo da Agência da Curta Metragem, estiveram também a concurso.

O Prémio Nacional da Animação, pretende homenagear e premiar os autores portugueses que se destacam, cada ano, pela qualidade e originalidade das suas obras na área da animação.

No total foram doze os filmes portugueses, realizados por profissionais e estudantes, candidatos à segunda edição do Prémio Nacional da Animação. O evento promoveu encontros entre profissionais do cinema de animação, exibição de filmes, masterclasses e oficinas no auditório e biblioteca municipais da região.

Filmes Animar no Cinanima

Filmes Animar no Cinanima
Mar à Vila

29.10.2014

Vários filmes que integram o catálogo da Agência da Curta Metragem estão selecionados para o Festival Cinanima, que decorre de 10 e 16 de novembro em Espinho.

“Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, “Canto dos 4 Caminhos”, de Nuno Amorim, e “20 desenhos e um Abraço”, de José Miguel Ribeiro, vão integrar a competição do Festival exclusivamente dedicado ao cinema de animação.

Também “O Gigante Egoísta”, “Rapaz- Maria – Rapaz”, “Diário Gráfico” e “Mar à Vila” vão ser apresentados no Cinanima. As curtas-metragens de animação foram realizadas, no âmbito do projeto educativo ANIMAR, por turmas de alunos de várias escolas de Vila do Conde sob a orientação dos cineastas Marta Monteiro, Paulo D’Alva, Vitor Hugo, José Miguel Ribeiro e Bastien Dubois.

Harvard Film Study Center dedica exposição a João Pedro Rodrigues

Harvard Film Study Center dedica exposição a João Pedro Rodrigues
"Manhã de Santo António"

27.10.2014

De 29 de outubro a 4 de dezembro, o Radcliffe-Harvard Film Study Center apresenta a exposição “Santo António” inspirada no trabalho do cineasta português João Pedro Rodrigues.

“Santo António” é uma instalação de quarto canais com base na curta-metragem “A Manhã de Santo António”, apresentada em 2012 em Cannes.

A narrativa é um arco rápido e tenso entre a banalidade urbana de um momento de Lisboa- na Praça de Alvalade, onde está situada a estátua de Santo António, os jovens regressam das festas do padroeiro – e a situação metafísica de jovens movendo-se em direção a algo não conseguimos perceber.

A edição e a visualização das imagens dentro de quatro paredes permitem a criação simultânea de uma situação claustrofóbica (em que estamos rodeados de diferentes fragmentos de um mesmo espaço) e de uma fuga sem fim.

"O Velho do Restelo" marca presença nos festivais

"O Velho do Restelo" marca presença nos festivais
O Velho do Restelo

22.10.2014

“O Velho do Restelo”, a mais recente curta-metragem de Manoel de Oliveira, continua a marcar presença nos festivais de cinema internacionais.

Depois da estreia na Biennale de Veneza, em Agosto, o filme já passou pelos festivais de Toronto, Nova Iorque, São Paulo e Montreal. A curta será, agora, apresentada na Viennale que decorre entre 23 de outubro e 6 de novembro, em Vienna.

Carlos Conceição homenageado no Festival de Amiens

Carlos Conceição homenageado no Festival de Amiens
Carlos Conceição

20.10.2014

O realizador Carlos Conceição, autor das premiadas curtas-metragens “Boa Noite Cinderela”, “Carne” e “Versailles”, é o nome em foco do programa Pygmalion do 34º Festival de Cinema de Amiens, em França.

A secção dedicada aos nomes emergentes do cinema europeu apresentará uma retrospetiva integral do trabalho do realizador e uma masterclass aberta ao público do Festival. No âmbito da retrospetiva, o festival francês editará ainda em DVD as curtas-metragens do cineasta — “Carne”, “O Inferno”, “Versailles” e “Boa Noite Cinderela” — para distribuição internacional.

Em 2015, a convite do Festival de Amiens, Carlos Conceição fará também parte de uma residência artística de um mês na Villa Medici, em Roma, para o desenvolvimento de um novo projeto.

“Boa Noite Cinderela”, a mais recente curta-metragem de Carlos Conceição, natural de Angola, teve estreia internacional na Semana da Crítica da última edição do Festival de Cannes. O filme, uma adaptação do conto clássico, é, nas palavras de Fabien Gaffez, crítico e programador da secção Pygmalion, “um conto Sadiano de glamour irónico que, nos seus recursos declaradamente limitados, sinaliza o ilustre início de carreira de um grande cineasta, afectando a sua audiência de forma profunda e sublime”.

Um ano antes, “Versailles” foi a única curta-metragem portuguesa a estrear em competição no prestigiado Festival de Locarno 2013.

Tendo realizado todos os seus filmes à margem de apoios estatais ou institucionais, Carlos Conceição considera esta mostra em Amiens “uma forma muito estimulante de divulgar o trabalho feito e de o valorizar, uma vez que em Portugal o cinema nacional parece acontecer cada vez mais dentro de círculos relativamente fechados.”

O Festival de Amiens decorre, este ano, entre 14 e 22 de Novembro. Ao longo das 34 edições contou com vários participantes portugueses tendo atribuído, em 1993, o prémio principal ao filme de Fernando Lopes “O Fio do Horizonte”.

Sessão de Apresentação do DVD "Reconversão"

Sessão de Apresentação do DVD "Reconversão"
Reconversão está agora disponível em DVD

14.10.2014

Depois do lançamento em DVD no Dia Mundial da Arquitetura, “Reconversão” será apresentado a 29 de outubro, pelas 18h00, na FNAC de Santa Catarina, no Porto.

Para esta ocasião foi pedido ao Arquiteto Nuno Grande que escolhesse três sequências do filme, relativas a três projetos ou edifícios, que servirão de mote a uma conversa sobre arquitetura e cinema entre o próprio Nuno Grande, Dario Oliveira (produtor do filme) e Miguel Dias (codiretor do Curtas Vila do Conde).

Esta sessão assinala a edição em DVD de “Reconversão”, de Thom Andersen, numa parceria entre a FNAC e o Curtas Vila do Conde. O filme, produzido no âmbito do 20º aniversário do Festival de Cinema, retrata 17 edifícios e projetos do arquiteto portuense Eduardo Souto de Moura, acompanhados pelos seus próprios escritos.

“Reconversão” está disponível em DVD em todas as lojas FNAC e na Loja do Curtas por 4 euros e inclui, como extras, a curta “Vulgar Fractions” de Peter Bo Rappmund e 20 fotogramas do filme.
Legendas: English / Español / Português

Paralelamente, continua em itinerância pelas lojas FNAC uma exposição de imagens de “Reconversão”, escolhidas pelo diretor de fotografia do filme, Peter Bo Rappmund. A próxima loja a receber a exposição será a FNAC de Coimbra, de 6 de dezembro a 6 de março de 2015.

Cinema Português na Argentina

Cinema Português na Argentina
Dodu - O Rapaz de Cartão de José Miguel Ribeiro

29.09.2014

Em colaboração com a Agência da Curta Metragem, o Festival MONSTRA vai exibir o MONSTRA NA ARGENTINA – Cinema de Animação Português, de 9 a 12 de outubro, no MACBA – Museu de Arte Contemporanea, em Buenos Aires.

Dividida em cinco programas, a mostra de cinema de animação apresentará filmes de Pedro Serrazina, Abi Feijó, Fernando Galrito e João Ramos de Almeida, Nuno Amorim, Cristiano Mourato, Regina Pessoa, Nuno Beato, Pedro Brito, José Miguel Ribeiro, Paulo D’Alva, Joana Toste, Vasco Sá e David Doutel, Filipe Abranches, Zepe e Humberto Santana.

"Rua da Estrada" premiado no Arquiteturas Film Festival

"Rua da Estrada" premiado no Arquiteturas Film Festival
A Rua da Estrada de Graça Castanheira

29.09.2014

A curta-metragem “Rua da Estrada”, de Graça Castanheira, venceu o prémio de Melhor Documentário na 2ª edição do Arquiteturas Film Festival que decorreu entre 24 e 28 de setembro em Lisboa.

O documentário foi produzido pela Curtas Metragens no âmbito do projeto Estaleiro envolvendo um grupo de estudantes de cinema do Porto que integraram a equipa técnica do filme.

Em “A Rua da Estrada” percorrem-se as estradas nacionais, com a sua muito peculiar paisagem – sismógrafo do tempo que passa. Lida pelo olhar avisado do geógrafo Álvaro Domingues, uma viagem por Portugal, tal qual é.

Luminita vence o Grand Prix do Festival de Cinema de Drama

Luminita vence o Grand Prix do Festival de Cinema de Drama
Luminita de André Marques

22.09.2014

Luminita, de André Marques, venceu o Grand Prix do 20º Drama International Short Film Festival, que decorreu entre 15 e 20 de Setembro em Drama, na Grécia.

Nas palavras do Júri Oficial, “Luminita” é um excelente filme sobre uma realidade que não podemos evitar. Numa história sentimental, com uma atmosfera realista somos levados para a tarefa de difícil e íntima de dizer adeus. “O filme representa excelentes habilidades de cinema em todos os níveis, incluindo direção, atuação, fotografia, uso da música e de um simbolismo poderoso em contar histórias.”

Este é o sexto prémio que Luminita recebe depois dos “Prémio do Público” no Festival Curtas Vila do Conde, “Prémio Especial do Júri” e “Prémio Melhor Guião” no Festival Internacional de Cinema de Gijón, “Menção Honrosa do Júri” no Festival Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira e “Prémio de Melhor Caracterização” do Festival Fic Bueu em Espanha.

Luminita está ainda nomeado para os Prémio Sophia de Melhor Curta Metragem de Ficção da Academia Portuguesa de Cinema, a entregar numa cerimónia que acontece no dia 8 de Outubro no CCB.

Luminita estreia-se agora em mais 5 cidades, depois de exibições em Lisboa e Setúbal, chegando à vez do Porto, Évora, Figueira da Foz, Braga e Coimbra, com distribuição da Medeia Filmes.

Filmes da Agência nos prémios Sophia 2014

Filmes da Agência nos prémios Sophia 2014

17.09.2014

Quatro filmes, promovidos pela Agência da Curta Metragem, estão nomeados aos prémios Sophia 2014, da Academia Portuguesa de Cinema.

A curta-metragem “Carrotrope”, de Paula D’Alva, concorre aos prémios na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação, enquanto “Longe do Éden”, de Carlos Amaral, “Gambozinos”, de João Nicolau, e “Luminita”, de André Marques, estão nomeadas na categoria de Melhor Curta-Metragem de Ficção.

Os nomes dos vencedores serão anunciados na cerimónia oficial de entrega dos Prémios que decorre no dia 8 de Outubro, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

O Dia Mais Curto regressa em Dezembro!

O Dia Mais Curto regressa em Dezembro!
O Dia Mais Curto estreou em 2013 em Portugal

25.08.2014

Depois do sucesso da estreia em Portugal em 2013, já estão em andamento os preparativos para mais uma edição d’ O Dia Mais Curto, a grande festa da curta-metragem!

A iniciativa arranca, este ano, a partir do dia 15 com sessões para escolas, culminando a 21 de dezembro de 2014, o dia mais curto do ano, em pleno solstício de Inverno. Este fenómeno astronómico inspirou a ideia de promover curtas-metragens para uma audiência local, incentivando sessões públicas em diversos espaços. Quer seja online, em cinemas ou em diferentes locais públicos ou comunitários, a apresentação de curtas-metragens durante este curto mas intenso dia proporciona ao público a oportunidade de descobrir um grande número de cineastas e as suas obras.

Neste dia, em que a criatividade se baseia na riqueza dos filmes e na imaginação dos organizadores, oferece-se diversidade e colocam-se em prática iniciativas inovadoras para promover o cinema em formato curto, de forma a incentivar novos criadores e práticas profissionais, aumentando os admiradores do formato e o acesso à cultura.

O Dia Mais Curto nasceu em França em 2011 e todos os anos é celebrado em simultâneo por vários países de todo o mundo. Em Portugal, esta iniciativa será novamente desenvolvida pela Agência da Curta Metragem.

Se é programador e quer juntar-se à segunda edição desta iniciativa contacte-nos [agencia@curtas.pt]!

25º Festival de Curtas-Metragens de São Paulo

25º Festival de Curtas-Metragens de São Paulo

22.08.2014

A 25ª edição do Festival de Curtas-Metragens de São Paulo começou na passada quarta-feira, 20 de agosto, e decorre até ao final do mês no Brasil.

“Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar”, de Felipe Bragança e Helvécio Marins Jr., “Gambozinos”, de João Nicolau, “Carosello” de Jorge Quintela e “Três Semanas em Dezembro”, de Laura Gonçalves, estão selecionados para o certame.
FIFA Coins
Fut Coins
Buy FIFA Coins

Curtas portuguesas premiadas no Festival Ibérico de Cinema

Curtas portuguesas premiadas no Festival Ibérico de Cinema
©http://festivaldecine.com/2014/

12.08.2014

As curtas-metragens “Longe do Éden” e “Gambozinos” foram premiadas na 20º edição do Festival Ibérico de Cinema que decorreu entre 16 e 19 de julho em Badajoz, Espanha.

O filme de Carlos Amaral, “Longe do Éden”, venceu o prémio de Melhor Fotografia, realizada por Paulo Castilho, enquanto “Gambozinos”, de João Nicolau, foi premiado com o galardão de Melhor Música Original, da autoria de Mariana Ricardo.

Também a curta-metragem “Carrotrope”, de Paulo D’Alva”, integrou a competição do Festival que este ano selecionou 21 filmes, entre os quais três portugueses.

Filme de Manoel de Oliveira na Biennale

Filme de Manoel de Oliveira na Biennale
O Velho do Restelo de Manoel de Oliveira

05.08.2014

“O Velho do Restelo”, a mais recente curta-metragem de Manoel Oliveira, vai integrar a seleção oficial do Festival de Cinema de Veneza – La Biennale, que decorre de 27 de Agosto a 6 de setembro em Itália.

O filme, promovido pela Agência da Curta Metragem, reflete a história de Portugal reunindo, num banco do século XXI, Dom Quixote (Ricardo Trepa), o poeta Luís Vaz de Camões (Luís Miguel Cintra) e os escritores Teixeira de Pascoaes (Diogo Dória) e Camilo Castelo Branco (Mário Barroso).“Juntos, levados pelos movimentos telúricos do pensamento, FIFA Coins? deambulam entre o passado e o presente, derrotas e glórias, vacuidade e alienação, em busca da inacessível estrela.”

“O Velho do Restelo” é uma produção da O Som e a Fúria em co-produção com a Francesa Epicentre Films, e distribuição da Agência da Curta Metragem.
Cheap FIFA Coins | FIFA Ultimate Team Coins For Sale | FIFA Coins For Sale

“Luminita” nos cinemas em julho

“Luminita” nos cinemas em julho
Luminita de André Marques

27.07.2014

A curta-metragem “Luminita”, de André Marques, estreia nas salas de cinema portuguesas a 31 de julho em complemento do filme “Quando a Noite Cai em Bucareste ou Metabolismo” de Corneliu Porumboiu.

Rodado numa cidade da Roménia, “Luminita” acompanha o reencontro de dois irmãos que não se comunicam há anos e que se encontram no funeral da mãe, onde têm de lidar com a sua família de luto, as suas obrigações enquanto filhos e os seus próprios sentimentos de perda.

O filme recebeu o Prémio do Público na edição de 2013 do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, o Prémio Especial do Júri e o Prémio de Melhor Argumento no Festival de Gijón e ainda uma Menção Especial do Júri no Festival de Cinema Luso-Brasileiro.

Laura Gonçalves premiada no Festival de Cinema Feminino

 Laura Gonçalves premiada no Festival de Cinema Feminino
Laura Gonçalves

21.07.2014

A realizadora Laura Gonçalves venceu o prémio de “Melhor Destaque Feminino Internacional” do Femina – Festival Internacional de Cinema Feminino, que decorreu entre 14 e 19 de julho no Brasil, com o filme “Três Semanas em Dezembro”.

Segundo o Festival, “somos todos frutos de momentos compartilhados, durante os quais gestos, palavras e amor são transmitidos de geração em geração. Portanto, oferecemos o prémio de melhor destaque feminino internacional para Laura Gonçalves, pela forma como transforma em registo fílmico suas memórias em “Três Semanas em Dezembro”.

O filme, realizado durante o Mestrado em Animação na Arts University Bournemouth (Inglaterra) é um diário animado das três semanas que a realizadora passou em Belmonte, no interior de Portugal.

Filmes da Agência premiados no 22º Curtas Vila do Conde

Filmes da Agência premiados no 22º Curtas Vila do Conde
Fuligem de David Doutel e Vasco Sá

14.07.2014

A 22ª edição do Curtas Vila do Conde terminou ontem com vários filmes da Agência da Curta Metragem distinguidos na cerimónia de entrega de prémios.

“Triangulo Dourado”, de Miguel Clara Vasconcelos, foi o grande vencedor da Competição Nacional do Festival. O filme, rodado em Paris, revela as memórias, encontros e sentimentos das viagens que levaram Sheylla até à capital Francesa.

“Fuligem”, da dupla David Doutel e Vasco Sá, foi duplamente premiado: a animação venceu o Prémio do Público SPA – Sociedade Portuguesa de Autores e ainda o galardão para o Melhor Realizador Português.

“Boa Noite Cinderela”, exibido numa secção não competitiva do Festival, recebeu também o prémio da TAP para a Melhor Média Metragem Portuguesa.

Na competição Take One!, dedicada aos filmes de escola, o vencedor foi João Niza Ribeiro com o filme “Manifesto dos Danados”. A curta-metragem integra agora o catálogo de filmes a promover pela Agência da Curta Metragem.

"O Coveiro" recebe menção honrosa no Black&White

"O Coveiro" recebe menção honrosa no Black&White
O Coveiro, de André Gil Mata

05.06.2014

A curta-metragem “O Coveiro”, de André Gil Mata, venceu uma menção honrosa na 11º edição do Festival Black & White, que terminou no passado dia 24 de maio.

O realizador deste filme que conta “uma história, narrada ao luar, de uma criança que nasce monstro” esteve presente na cerimónia de entrega de prémios.

Curta-metragem Alvorada Vermelha censurada

Curta-metragem Alvorada Vermelha censurada
Alvorada Vermelha de João Rui Guerra da Mata e João Pedro Rodrigues

02.06.2014

A Agência da Curta Metragem vem expressar publicamente a sua indignação ao ver a curta-metragem portuguesa “Alvorada Vermelha”, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, censurada pelas autoridades chinesas na exposição ONDE É A CHINA?, apresentada em Pequim. Para que não ficasse qualquer vestígio das obras, os catálogos do evento foram confiscados.

A Agência é solidária com os realizadores e lamenta a inércia diplomática verificada no evento, que contou com a presença do Presidente da República Portuguesa na sua inauguração e com o seu patrocínio oficial.

“Alvorada Vermelha” é um documentário poético e visualmente emocionante, principalmente observacional, que captura a realidade dos rituais de preparação dos animais para consumo do famoso Mercado Vermelho em Macau, no início da manhã.

Regina Pessoa no "Golden Nights"

Regina Pessoa no "Golden Nights"
Kali, o Pequeno Vampiro

29.05.2014

“Kali, o Pequeno Vampiro”, de Regina Pessoa, foi selecionado para o panorama “Golden Nights” que decorre de 16 a 18 de junho em Paris.

O panorama, organizado pelos César – Academia das Artes e Técnicas do Cinema em parceria com a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), seleciona, todos os anos, as melhores curtas-metragens internacionais. Na próxima edição serão apresentados, durante três dias, 48 filmes de 25 países, distinguidos pelas mais importantes academias de cinema de todo o mundo.

“Kali, o Pequeno Vampiro” conta já com dezenas de palmarés, FIFA Coins tendo sido selecionado para mais de uma centena de festivais de cinema de todo o mundo, entre eles os Annie Awards e os Cartoon D’Or.
A curta-metragem, que encerra uma trilogia sobre a infância, conta a história de um rapaz, diferente dos outros, que sonha em encontrar o seu lugar ao sol. FIFA 15 Coins Tal como a lua passa por diferentes fases, também o Kali tem de enfrentar os seus medos e demónios interiores para, no final, encontrar a passagem para a luz. Um dia ele vai desaparecer…ou talvez seja apenas mais uma fase de mudança buy FIFA Coins.
Air Max Pas Cher

"Luminita", de André Marques, seleccionado para três festivais

"Luminita", de André Marques, seleccionado para três festivais
Luminita de André Marques

29.05.2014

“Luminita”, curta-metragem realizada por André Marques, terá a sua estreia nos Estados Unidos da América no Palm Springs International ShortFest, que decorre entre 17 e 23 de Junho.

Ao mesmo tempo, “Luminita” terá a sua estreia britânica no East End International Film Festival, que decorre em Londres entre 13 a 25 de Junho. A sessão é no dia 21 às 14h30 no famoso cinema londrino Genesis.

Finalmente, em território nacional, a curta-metragem será exibida no Festróia, junto com outras curtas metragens Portuguesas: As Ondas de Miguel Fonseca, Três Semanas em Dezembro de Laura Gonçalves, Na Escama do Dragão de Ivo Ferreira e Longe do Éden de Carlos Amaral.

"A Mãe e o Mar" estreia nas salas de cinema

"A Mãe e o Mar" estreia nas salas de cinema
Gonçalo Tocha

06.05.2014

A longa-metragem “A Mãe e o Mar”, de Gonçalo Tocha, estreia a 29 de maio no Cinema City Alvalade, em Lisboa. O filme, aclamado pela crítica mundial, será também apresentado no Porto em três sessões no cinema Passos Manuel.

Após um percurso notável pelos festivais de cinema internacionais, o filme de Gonçalo Tocha chega agora, pela primeira vez, às salas de cinema portuguesas. Em Lisboa, “A Mãe e o Mar” estará em exibição no Cinema City Alvalade a partir de 29 de maio. No Porto, serão apresentadas três sessões no Passos Manuel: a 30 de maio, com a presença do realizador, e nos dias 8 e 9 de junho, às 21h30.

O documentário, filmado na praia de Vila Chã, em Vila do Conde, conta a história das mulheres “pescadeiras” desse lugar representadas agora por Glória, a única mulher que ainda vai ao mar. Através de conversas, o filme revela como as predecessoras de Glória desafiaram a tradição e obtiveram licenças de pesca, dedicando as suas vidas à pesca e ao amor pelo mar. “Sobram nove barcos e uma única mulher pescadeira. Em terra de brava gente do mar, filma-se a paixão da pesca, a paixão pelo mar.”

Apresentado pela primeira vez na 21ª edição do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, “A Mãe e o Mar” teve estreia internacional no prestigiado Festival de Roma. O filme foi exibido também no Doc Lisboa, onde venceu o prémio de melhor longa-metragem portuguesa, e integrou a seleção dos festivais de cinema de Mar del Plata (Argentina), CPH DOX (Dinamarca), RIDM Montreal (Canadá), Roterdão (Holanda), entre outros. Recentemente, o documentário foi escolhido para abrir o “Documentary Fortnight 2014” do MoMa – Museu de Arte Moderna, em Nova Iorque.

“Boa Noite Cinderela” na Semana da Crítica de Cannes

“Boa Noite Cinderela” na Semana da Crítica de Cannes
"Boa Noite Cinderela" de Carlos Conceição

21.04.2014

O filme “Boa Noite Cinderela” de Carlos Conceição foi selecionado para a Semana da Crítica, a decorrer durante o Festival de Cannes, de 15 a 23 de Maio. Esta ficção de 30 minutos será apresentada em competição, na secção de curtas e médias-metragens da Semana da Crítica, que pretende revelar e acompanhar a mais jovem geração de autores, e disputará 2 prémios com 9 outros filmes. O júri da 53ª Semana da Crítica será presidido pela cineasta britânica Andrea Arnold.

“Boa Noite Cinderela” é uma sátira que adapta o famoso conto-de-fadas, apresentando-o na perspectiva do Príncipe. “Há um paralelismo político-social entre o estado do país na segunda metade do séc. XIX e a fase que agora vivemos”, afirma o realizador Carlos Conceição a respeito da génese do filme.

“Boa Noite Cinderela” é um filme independente produzido pelo realizador em parceria com a Blackmaria Produções e é distribuído pela Agência da Curta Metragem. O elenco é composto por Joana de Verona, João Cajuda e David Cabecinha.

A filmografia de Carlos Conceição inclui igualmente a curta-metragem “Versailles”, estreado em Vila do Conde e selecionado no ano passado para o Festival de Locarno. A apresentação de “Boa Noite Cinderela” em Cannes vem agora confirmar o talento deste jovem realizador colocando-o na rota dos mais importantes e influentes festivais de cinema.
Em Portugal, “Boa Noite Cinderela” terá estreia no domingo, dia 27, no IndieLisboa, integrando as Competições Nacional e Cinema Emergente.

“A Mãe e o Mar” premiado no 6º Cineport

“A Mãe e o Mar” premiado no 6º Cineport
A Mãe e o Mar

14.04.2014

“A Mãe e o Mar”, de Gonçalo Tocha, recebeu o Troféu Andorinha de Melhor Montagem em Filme Documentário na 6ª edição do Festival de Cinema de Países de Língua Portuguesa (Cineport), que terminou ontem no Brasil.

A longa-metragem foi selecionada entre todos os filmes lançados em 2013 nos países de língua portugueses por um júri composto por críticos e jornalistas do Brasil, Portugal e África, entre eles Rui Tendinha (SIC), Carla Henriques (RTP e RDP África) e Luísa Sequeira (jornalista e produtora do Festival Shortcutz Portugal).

Filmado na praia de Vila Chã, nos arredores de Vila do Conde, o documentário conta a história do dia-a-dia das mulheres “pescadeiras”, FIFA Coins uma comunidade desaparecida representada agora por Glória, a única mulher que ainda vai ao mar: “Sobram nove barcos e uma única mulher pescadeira. Em terra de brava gente do mar, filma-se a paixão da pesca, a paixão do mar.”

O filme foi produzido pela Curtas Metragens CRL, FIFA 15 Coins no âmbito do projeto Estaleiro, e contou com a participação de uma equipa de estudantes de cinema do Porto to buy FIFA Coins.

Monstra 2014: Filmes Premiados

Monstra 2014: Filmes Premiados
Três Semanas em Dezembro de Laura Gonçalves

24.03.2014

O Festival de Animação Monstra despediu-se ontem de Lisboa com a premiação de dois filmes representados pela Agência da Curta Metragem.

“Três Semanas em Dezembro”, da jovem realizadora Laura Gonçalves, ganhou o prémio do Júri Júnior para Melhor Curta-metragem Portuguesa de Estudantes. O filme é um diário animado das três semanas que a cineasta passou em Belmonte, no interior de Portugal.

Já “Carratrope”, de Paulo D’Alva, venceu o prémio da Sociedade Portuguesa de Autores | Vasco Granja que distinguiu o melhor filme português produzido em 2013. “Carrotrope é um novo brinquedo óptico. Aglutina o carrossel e o thraumatrope, FIFA Ultimate Team Coins dois objectos que representam os movimentos cíclicos da vida. Entretanto, um homem bebe e o tempo passa ao ritmo de 24 frames por segundo.”

Ambos os filmes de animação integram a exposição “Rua Animada” patente na Solar – Galeria de Arte Cinemática, em Vila do Conde até 1 de Junho, fifa 15 coins no âmbito da 9ª edição do projeto Animar.

Retrospetiva de Miguel Gomes em Istambul

Retrospetiva de Miguel Gomes em Istambul
Entretanto de Miguel Gomes

14.03.2014

A 33ª edição do Istanbul Film Festival, o mais importante festival de cinema da Turquia, decorre entre os dias 5 e 20 de Abril e contará com uma retrospetiva dedicada ao trabalho do cineasta português Miguel Gomes.

Incluída no programa “From the World of Festivals”, a sessão “Redemption + Shorts”, em exibição nos três primeiros dias do festival, apresentará a mais recente curta-metragem do realizador, “Redenção”, seguida de “Cântico das Criaturas”, “31”, “Inventário de Natal” e “Entretanto”.

Miguel Gomes é um dos realizadores portugueses mais aclamados da atualidade. O cineasta ficou internacionalmente conhecido com a longa-metragem “Tabu”, também exibida na edição de 2013 do Festival de Istambul.

“A Última Vez que Vi Macau” em DVD

“A Última Vez que Vi Macau” em DVD
A Última Vez que Vi Macau em DVD

14.02.2014

A longa-metragem “A Última Vez que Vi Macau”, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, está agora disponível em DVD em França e nos Estados Unidos.

A versão francesa, editada pela Epicentre Films, inclui como extras as curtas-metragens “Alvorada Vermelha” e “China China”, as biografias dos realizadores e ainda uma galeria de fotos. Já nos Estados Unidos da América, para além das entrevistas e outros extras, a edição da Cinema Guild, inclui também o filme “Alvorada Vermelha” e “Mahjong”, o último trabalho dos realizadores produzido no âmbito do projeto Estaleiro.

“A Ultima Vez Que Vi Macau”, conta a história de um homem que recebe em Lisboa um e-mail de uma amiga que não via há anos, Candy, pedindo-lhe a encontre em Macau, onde estão a acontecer coisas estranhas e assustadoras. Ele próprio vivera em Macau há muitos anos e ali passara os melhores tempos da sua vida, sendo, por isso, esta viagem também um regresso às suas memórias.

"A Mãe e o Mar" em Roterdão e Nova Iorque

"A Mãe e o Mar" em Roterdão e Nova Iorque
"A Mãe e o Mar"

24.01.2014

A longa-metragem “A Mãe e o Mar”, de Gonçalo Tocha, foi selecionada para o Festival de Cinema de Roterdão que se realiza de 22 de janeiro a 2 de fevereiro nos Países Baixos. O documentário será apresentado na secção My Own Private Europe, que pretende redescobrir a identidade da Europa através do ponto de vista pessoal de vários realizadores europeus.

O filme foi também escolhido para abrir a 13º edição do Festival de Documentários do Museu de Arte Moderna (MoMa), que decorre entre 14 e 28 de Fevereiro em Nova Iorque. O documentário português será exibido no primeiro dia do festival que, este ano, vai contar com certa de 30 filmes internacionais.

O documentário, produzido pela Curtas Metragens CRL no âmbito do projeto Estaleiro com a participação de uma equipa de estudantes de cinema do Porto, aborda o dia-a-dia das mulheres “pescadeiras” da praia de Vila Chã, em Vila do Conde.

Curta luso-brasileira na Berlinale

Curta luso-brasileira na Berlinale
"Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar"

22.01.2014

A curta-metragem “Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar”, de Felipe Bragança e Helvécio Marins Jr., foi selecionada para a Berlinale, o Festival Internacional de Cinema de Berlim, que acontece de 6 a 16 de fevereiro na Alemanha.

O filme será exibido na 9ª edição do Forum Expanded, uma secção paralela ao Festival que este ano tem como mote a questão “O que sabemos quando sabemos onde algo está?”. Nesta secção do festival, que tem início a 5 de fevereiro, serão exibidos cerca de 50 trabalhos de 20 países de todo o mundo.

“Fernando que Ganhou um Pássaro do Mar” parte de um diálogo imaginário entre Portugal e o Brasil, numa pequena cantiga luso-brasileira. Fernando divide seu tempo entre um café da vizinhança e a pequena casa em que vive no Porto. Do Brasil, recebe um pequeno presente que lhe faz imaginar o Paraíso.

O filme, produzido pela Curtas Metragens CRL no âmbito do projeto Estaleiro, envolveu uma equipa de estudantes de cinema de Portugal e do Brasil. A antestreia mundial da curta-metragem teve lugar na última edição do Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema, em 2013.

Agência em Clermont-Ferrand

Agência em Clermont-Ferrand
Festival de Clermont-Ferrand 2014

13.01.2014

A Agência da Curta Metragem estará novamente presente na próxima edição do maior e mais importante festival europeu dedicado à curta-metragem, o Festival de Clermont-Ferrand, que terá lugar entre 31 de janeiro e 8 de fevereiro em França.

A presença da Agência em Clermont-Ferrand vai, uma vez mais, assegurar a divulgação das curtas portuguesas através de um conjunto de atividades a desenvolver no 29º Mercado da Curta-Metragem que decorre durante o festival: a instalação de um stand promocional, a distribuição de um catálogo com informação sobre os filmes portugueses produzidos destinado a distribuidores, televisões e festivais, e um trabalho diário de promoção e divulgação da cinematografia nacional junto dos profissionais presentes.

A mediatização do evento e a presença de cerca de 3300 profissionais do cinema de todo o mundo fazem do Mercado da Curta-Metragem de Clermont-Ferrand um espaço privilegiado, e de extrema importância, na promoção e divulgação do cinema português.

A participação da Agência da Curta Metragem na 36º edição do Festival é apoiada pelo Instituto do Cinema e Audiovisual, Instituto Camões, Embaixada de Portugal em Paris e a Niepoort.

Festival de Bucareste com ciclo de cinema português

Festival de Bucareste com ciclo de cinema português
O QUE ARDE CURA DE JOÃO RUI GUERRA DA MATA

11.12.2013

O Festival Internacional de Cinema Experimental de Bucareste começa hoje com um ciclo dedicado a Portugal, programado em parceria com a Agência da Curta Metragem.

Intitulado “O milagre cinematográfico português”, o programa especial integrará filmes representados pela Agência: LAND OF MY DREAMS, de Yann Gonzalez, O COVEIRO, de André Gil Mata e O LOBO DA MADRAGOA, de Pedro Bastos.

O ciclo, que pretende mostrar o boom criativo do cinema português nos últimos anos apesar da falta de apoios financeiros, será apresentado por um representante da Agência, também membro do júri do festival.

Na secção competitiva do festival romeno estarão ainda O CORPO DE AFONSO, de João Pedro Rodrigues, e O QUE ARDE CURA, de João Rui Guerra da Mata.

A curta-metragem GAMBOZINOS, de João Nicolau, será apresentada no programa da Quinzena dos Realizadores, uma seleção dos filmes exibidos em Cannes.

mais informação AQUI

Curtas portuguesas premiadas no Festival de Cinema Luso-brasileiro

Curtas portuguesas premiadas no Festival de Cinema Luso-brasileiro
VERSAILLES DE CARLOS CONCEIÇÃO

09.12.2013

A 17ª edição do Festival de Cinema Luso-brasileiro, que decorreu de 1 a 8 de dezembro em Santa Maria da Feira, premiou cinco filmes da Agência da Curta Metragem.

CAROSELLO, de Jorge Quintela, venceu o prémio de melhor filme na categoria de curta-metragem. LUMINITA, de André Marques, recebeu uma menção honrosa do Júri. O Prémio Revelação do festival foi atribuído a REI INÚTIL, de Telmo Churro. Já VERSAILLES, de Carlos Conceição, venceu o Prémio da Crítica e GAMBOZINOS, de João Nicolau, o Prémio dos Cineclubes!

A grande festa da curta-metragem está a chegar!

A grande festa da curta-metragem está a chegar!
PASSEIO DE DOMINGO DE JOSÉ MIGUEL RIBEIRO

26.11.2013

Falta menos de um mês para a chegada a Portugal, pela primeira vez, d’O DIA MAIS CURTO, a grande festa da curta-metragem, um evento que teve origem em França em 2011 e que vai ser celebrado em simultâneo em mais de quarenta países de todo o Mundo.

Albufeira, Barcelos, Braga, Cascais, Coimbra, Constância, Faro, Figueira da Foz, Funchal, Guimarães, Leiria, Lisboa, Matosinhos, Porto, Redondo, Santo Tirso, Sardoal, Senhora da Hora, Tavira, Vila do Conde, Vila Nova de Gaia e Viseu são as cidades que vão participar na primeira edição portuguesa d’O DIA MAIS CURTO.

Durante todo o dia de 21 de dezembro, serão apresentadas, em diversos locais, seleções de filmes com produções nacionais e internacionais, para adultos e crianças.

Tendo como mote o humor, “This is not a Funny Program” reúne um conjunto de hilariantes curtas-metragens da comédia europeia. As sessões “Curtas Portuguesas 1” e “Curtas Portuguesas 2” exibem uma seleção das melhores curtas nacionais dos últimos anos refletindo a qualidade do cinema português. A pensar nos mais novos, “Curtinhas” apresenta um conjunto de divertidas curtas-metragens para uma tarde bem passada em família!

Dois eventos especiais no Porto e em Guimarães darão o arranque da iniciativa às 00h do dia 21, onde se celebrará com filmes e música non-stop este pequeno mas inovador formato.

Curtas-metragens portuguesas premiadas

Curtas-metragens portuguesas premiadas
"MAHJONG" DE JOÃO PEDRO RODRIGUES E JOÃO RUI GUERRA DA MATA

25.11.2013

Várias curtas-metragens portuguesas foram premiadas, no passado fim-de-semana, em diferentes festivais de cinema espanhóis.

O filme “Luminita” de André Marques foi duplamente premiado no 51º Festival Internacional de Cinema de Gijon, com os prémios de Melhor Argumento e Prémio Especial do Júri.

Em Barcelona, a curta “Má Raça”, de André Santos e Marco Leão, venceu o Prémio GAC para Melhor Argumento de Curta-metragem na 20º edição do l’Alternativa, Festival de Cine Independiente de Barcelona.

Já em Bilbao, “Mahjong” de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, produzido no âmbito do projeto Estaleiro, recebeu o Mikeldi de Plata no Festival Internacional de cine documental y cortometraje. O Mikeldi de Oro do festival foi atribuido à animação “Outro Homem Qualquer”, de Luís Soares.

O Dia Mais Curto

O Dia Mais Curto
a grande festa da curta-metragem

20.11.2013

No dia 21 de dezembro de 2013, chega a Portugal pela primeira vez, O DIA MAIS CURTO, a grande festa da curta-metragem, um evento que nasceu em França em 2011 e que já se celebra em cerca de 20 países.

O dia mais curto do ano, no solstício de inverno, inspirou a ideia de promover curtas- metragens para uma audiência local, incentivando sessões públicas em diversos espaços. Quer seja online, em cinemas ou em diferentes locais públicos ou comunitários, a apresentação de curtas-metragens durante este curto mas intenso dia proporciona uma oportunidade para descobrir um grande número de cineastas e as suas obras.

Neste dia, em que a criatividade se baseia na riqueza dos filmes e na imaginação dos organizadores, oferece-se diversidade e coloca-se em prática iniciativas inovadoras para promover o cinema em formato curto, de forma a incentivar novos criadores e práticas profissionais, aumentando os admiradores do formato e o acesso à cultura.

O DIA MAIS CURTO é uma iniciativa original que irá apresentar aos portugueses as melhores curtas-metragens, com toda a sua riqueza e diversidade. Esta iniciativa é desenvolvida, em Portugal, pela Agência da Curta Metragem que assume um papel de extrema importância na projeção internacional das curtas-metragens portuguesas através da sua ação de promoção quer junto de festivais e eventos de natureza similar quer através da organização de iniciativas e programas especiais retrospectivos.

"A Mãe e o Mar" em estreia internacional

"A Mãe e o Mar" em estreia internacional
A MÃE e O MAR de Gonçalo Tocha

14.10.2013

Roma é a cidade escolhida para a estreia internacional de “A Mãe a o Mar”, longa-metragem realizada por Gonçalo Tocha e produzida pela Curtas Metragens CRL, no âmbito do projeto Estaleiro. O filme integra a competição Cinema XXI do Festival Internacional de Cinema de Roma (Itália), que se realiza entre os dias 8 e 17 de novembro.

Rodado na praia de Vila Chã, este projeto de Tocha recupera a tradição das mulheres pescadeiras, fenómeno singular no contexto mundial. “A Mãe e o Mar” foi produzido com uma equipa de estudantes de cinema da região do Porto.

Para além disso, antes desta exibição em Roma, o filme poderá ainda ser visto em competição no DocLisboa a 1 e 2 de Novembro. “A Mãe e o Mar” tem já agendadas exibições nos festivais CPH DOX (Dinamarca), Mar Del Plata (Argentina) e Rencontres Internationales du Documentaire em Montreal (Canadá).

LIKE A MÃE E O MAR no Facebook

"Mahjong" nas salas de cinema

"Mahjong" nas salas de cinema
"Mahjong" by João Pedro Rodrigues de João Rui Guerra da Mata

30.09.2013

MAHJONG, o mais recente filme de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, tem estreia comercial em Portugal no próximo dia 3 de outubro, em complemento à longa-metragem “Interior. Leather Bar”, de James Franco e Travis Mathews. Estará em exibição em Lisboa no Cinema King.

MAHJONG é uma produção da Curtas Metragens CRL, entidade que produz o Curtas Vila do Conde – International Film Festival e foi desenvolvido com uma equipa de estudantes no âmbito do projeto Estaleiro.

MAHJONG teve estreia internacional no Festival de Locarno em Agosto passado e estreou nos Estados Unidos junto com A Última Vez que Vi Macau também realizado por João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata.

O filme desenrola-se em Varziela, Vila do Conde, a maior Chinatown de Portugal e prolonga os temas asiáticos da dupla de realizadores. Acentua igualmente a pesquisa híbrida entre ficção e documentário que caracteriza os seus filmes anteriores. É ainda um exercício de género, misturando o suspense com o humor negro.

LIKE MAHJONG no Facebook

Portugal em Montreal

Portugal em Montreal
"Carosello" de Jorge Quintela

29.09.2013

O Festival du Nouveau Cinéma 2013, que decorre em Montreal, no Canadá, de 9 a 20 de Outubro seleccionou quatro curtas-metragens portuguesas para o seu programa.

Na competição internacional de curtas-metragens, Portugal marca presença através de Mahjong, da dupla João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, Pedro Bastos apresentará o seu filme Ao Lobo da Madragoa, Sandro Aguilar levará Dive: Approach and Exit e Jorge Quintela estará presente com Carosello, vencedor do Curtas Vila do Conde 2013.

Prémio em Brasília

Prémio em Brasília
"Fernando Que Ganhou um Pássaro do Mar" de Helvécio Marins Jr. e Felipe Bragança

27.09.2013

O filme “Fernando Que Ganhou um Pássaro do Mar” – produzido pela Curtas Metragens CRL e realizado por Helvécio Marins Jr. e Felipe Bragança – foi premiado no Festival de Brasília com a Melhor trilha sonora (para Gustavo Fioravante e O Grivo).

O júri foi composto pelo realizador e montador Caetano Gotardo; pelo realizador, produtor e argumentista Camilo Cavalcante e pelo realizador, produtor e animador Cesar Cabral.

O 46º Festival de Brasília realizou-se realizou-se de 17 a 24 de Setembro. O filme é uma coprodução entre Portugal e o Brasil.

Retrospetiva Sandro Aguilar em Berlim e Nova Iorque

Retrospetiva Sandro Aguilar em Berlim e Nova Iorque
Sandro Aguilar

27.08.2013

O cineasta Sandro Aguilar é atualmente o convidado do Programa do DAAD em Berlim. Por esta ocasião, uma retrospectiva de todas as curtas-metragens do realizador terá lugar no Cinema Arsenal em Berlim nos dias 29 e 30 de Agosto e será apresentada pelo autor.

Em Outubro, será a vez do Lincoln Center em Nova Iorque a apresentar os filmes deste realizador, por ocasião do programa Views do New York Film Festival. O programador definiu-as como “Beautiful, distinctive, rigorously precise uniquely poetIc works of art.”

Regina Pessoa no Animamundi

Regina Pessoa no Animamundi
"História Trágica Com Final Feliz" de Regina Pessoa

09.08.2013

O Anima Mundi International Animation Festival, o mais importante Festival Internacional de Animação brasileiro convidou a realizadora Regina Pessoa para um “Papo Animado” e também para a Masterclass “Da Pedra ao Pixel“, onde apresentará a sua 3 curtas-metragens. A artista trará ao público brasileiro um pouco de sua experiência no lado autoral da animação.

Streaming gratuito e curtas-metragens portuguesas

Streaming gratuito e curtas-metragens portuguesas
A RUA DA ESTRADA, de Graça Castanheira

01.08.2013

O DocAlliance online channel (http://dafilms.com/) vai lançar um evento online em colaboração com a Agência da Curta Metragem dedicado ao cinema português.
De 5 a 11 de Agosto será possível ver todos os filmes em streaming gratuito:

MILAGRE DE SANTO ANTÓNIO, de Sergei Loznitsa
ALVORADA VERMELHA, de João Pedro Rodrigues, João Rui Guerra da Mata
A COMUNIDADE, de Salomé Lamas
A RUA DA ESTRADA, de Graça Castanheira
UM RIO CHAMADO AVE, de Luís Alves de Matos
CINZAS, ENSAIO SOBRE O FOGO, de Pedro Flores
O CANTO DO ROCHA, de Helvécio Martins Jr.
RECONVERSÃO, de Thom Andersen
OBRIGAÇÃO, de João Canijo

+ info: Portugal about Portugal.

Miguel Gomes em Veneza

Miguel Gomes em Veneza
Miguel Gomes

25.07.2013

REDEMPTION, a mais recente curta-metragem de Miguel Gomes, foi seleccionada para a 70ª edição do Festival de Cinema de Veneza.

O filme, uma ficção de 26 minutos co-produzida com França, Alemanha e Itália, será exibido fora de competição, e assinala a estreia de Miguel Gomes no festival de Veneza, depois de já ter tido obras selecionadas (e premiadas) nos festivais de Berlim, Cannes, Locarno, Toronto ou São Paulo.

“Redemption” acompanha quatro personagens em épocas distintas – uma criança em Portugal em 1975, um idoso em Milão em 2011, um pai em Paris em 2012, uma noiva em Leipzig em 1977 – à procura da redenção, de acordo com a sinopse da produtora O Som e a Fúria.

mais informação em: http://www.labiennale.org/it/cinema/70-mostra/film/

Filmes Portugueses em Locarno

Filmes Portugueses em Locarno

24.07.2013

Várias curtas-metragens portuguesas foram selecionadas para o próximo Festival de Locarno. Todas elas tiveram ante-estreia do 21º Curtas Vila do Conde. O Festival de Locarno é um dos mais prestigiados festivais de cinema e acontece de 7 a 17 de agosto na cidade suíça de Locarno.

Na secção competitiva Pardi di Domani, dedicada às curtas-metragens, foi selecionado “Versailles”, de Carlos Conceição. Para a secção fora de competição, foram selecionados os filmes “Mahjong”, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata e “O Corpo de Afonso”, de João Pedro Rodrigues. Ainda nas curtas-metragens, Basil da Cunha será júri da secção Pardi di Domani.

Ainda na representação do cinema português, será possível ver a última longa-metragem (póstuma) de Paulo Rocha, “Se eu Fosse Ladrão… Roubava”, juntamente com um tributo ao realizador, com a exibição dos clássicos “Verdes Anos” e “Mudar de Vida”. Finalmente, Joaquim Pinto, com “E Agora? Lembra-me”, estará presente na competição internacional do Festival.

+info: http://www.pardolive.ch/

Programa Português em Hollywood

Programa Português em Hollywood

23.07.2013

O Hollywood Brazilian Film Festival preparou um Programa Português que homenageará o Curtas Vila do Conde em colaboração com a Agência da Curta Metagem, programados pelo director artístico Sandro Florin e director artístico convidado Dario Oliveira.

O Festival terá lugar de 31 de julho a 4 de Agosto e exibirá os seguintes filmes:

- “Rapace”, de João Nicolau

- “Arena”, de João Salaviza

- “O Coveiro”, de André Gil Mata

- “Sinais de Serenidade por Coisas sem Sentido”, de Sandro Aguilar

- “Manhã de Santo António”, de João Pedro Rodrigues

- “O Que Arde Cura”, de João Rui Guerra da Mata

- “North Atlantic”, de Bernardo Nascimento

+info: http://www.hbrfest.com/

Encontros com realizadores no Curtas Vila do Conde

Encontros com realizadores no Curtas Vila do Conde

09.07.2013

Depois de inaugurado o espaço em 2012, a Agência da Curta Metragem promove e mantém em 2013 os encontros diários com realizadores portugueses. Estes debates com cineastas da competição nacional do Curtas Vila do Conde ou nas sessões Estaleiro são uma oportunidade para discutir os filmes com o público do Festival.

Calendário dos Encontros:
-Terça, 9 – 16:00: Gonçalo Tocha, João Pedro Rodrigues, João Rui Guerra da Mata, Felipe Bragança e André Tentúgal.
-Quarta, 10 – 16:00: Paulo d’Alva, Sérgio Ribeiro, Filipa César, Tiago Rosa-Rosso e Ivo M. Ferreira.
-Quinta, 11 – 16:00: André Guiomar, Pedro Caeiro, David Bonneville e André Marques.
-Sexta, 12 – 16:00: João Viana, João Pedro Rodrigues, Pedro Bastos e João Nicolau.
-Sábado, 13 – 16:30: Jorge Quintela, Carlos Conceição, Telmo Churro e Carlos Amaral.

Os encontros têm lugar no Lounge Curtas, Teatro Municipal de Vila do Conde.

"Kali, O Pequeno Vampiro" nomeado para o Cartoon d'Or

"Kali, O Pequeno Vampiro" nomeado para o Cartoon d'Or

08.07.2013

A curta metragem de animação “Kali, o Pequeno Vampiro” de Regina Pessoa é um dos 6 filmes nomeados para o Cartoon d’Or 2013.
O Cartoon D’Or, com o valor de 15.000€ é o prémio mais prestigiado e ambicionado para filmes de Animacão Europeus. A cerimónia de entrega do Prémio Cartoon d’Or 2013 decorrerá este ano em Toulouse a 19 de Setembro.
Mais info em: http://www.cartoon-media.eu/index.php integrado no Forum Cartoon.

“Kali, o Pequeno Vampiro” foi ainda distinguido com uma Menção Honrosa (Categoria Entretenimento) do Prémio Nacional Multimédia 2013 – Portugal
Mais info em: http://www.apmp.pt/258-premio-nacional-multimedia-vencedores-2013.html

"Gambozinos" recebe Prémio Illy

"Gambozinos" recebe Prémio Illy

25.05.2013

GAMBOZINOS, de João Nicolau, recebe Prémio Illy para Melhor Curta-metragem, na Quinzena dos Realizadores.
O Prémio Illy para curta-metragem, foi atribuído por um júri composto pela realizadora Leïla Kilani, pela crítica de cinema e realizadora Isabelle Régnier, pela responsável de comunicação da Illy Lucia Dore-Ivanovitch, pelo director artístico da Illy Carlo Bach, e presidido pelo actor Louis Garrel.

A Quinzena dos Realizadores é uma secção não competitiva, mas os seus patrocinadores premeiam os filmes seleccionados, que são apresentados na sessão de encerramento do certame.

http://www.quinzaine-realisateurs.com/les-prix-remis-dans-le-cadre-de-la-quinzaine-l210.html

Filmes Portugueses em Cannes

Filmes Portugueses em Cannes

16.05.2013

O nova obra de João Nicolau, GAMBOZINOS, foi a curta-metragem portuguesa seleccionada para a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes.

O filme será exibido em estreia mundial 23 Maio, às 14h00 no Theatre Croisette e a 25 Maio, às 16h00no Studio 13.
A Quinzena tem como objetivo descobrir e dar a conhecer filmes de jovens autores e celebrar a obra de realizadores consagrados. João Nicolau volta à Quinzena dos Realizadores, onde já apresentou as curtas RAPACE (2006) e CANÇÃO DE AMOR E SAÚDE (2009). GAMBOZINOS acompanha as peripécias de um rapaz de 10 anos numa colónia de férias.

Para além de GAMBOZINOS, a Agência tem um programa intitulado “New Portuguese Films” no Short Film Corner, em Cannes, que compreende seis curtas portuguesas recentes.

Ainda em Cannes, Miguel Gomes e João Pedro Rodrigues serão membros de diferentes júris e Basil da Cunha estreia a sua primeira longa.

II Mostra Cinema Português Contemporâneo no Brasil

II Mostra Cinema Português Contemporâneo no Brasil

08.05.2013

A II Mostra Cinema Português Contemporâneo acontece este ano em Recife, de 21 a 26 de Maio na CAIXA Cultural, no Rio de Janeiro, de 24 de Maio a 6 de Junho, no Instituto Moreira Salles, e em São Paulo, de 16 a 28 de Julho, na CAIXA Cultural.

No programa serão apresentados uma seleção de 18 longas e 7 curtas portugueses produzidos de 2000 até hoje, uma nova seção de retrospectiva e outras novidades de forma a aproximar mais o cinema português do público brasileiro. Serão exibidos entre outros KALI, O PEQUENO VAMPIRO de Regina Pessoa, OS OLHOS DO FAROL de Pedro Serrazina, A PISCINA de Iana Ferreira e João Viana e O NOME E O N.I.M de Inês Oliveira.

O SOM E A FÚRIA apresenta 3 CURTAS-METRAGENS

O SOM E A FÚRIA apresenta 3 CURTAS-METRAGENS

03.05.2013

Após um realizarem um trajecto prestigiante em festivais internacionais de cinema de renome, estreiam em sala três curtas-metragens de três realizadores portugueses: “Sinais de Serenidade por Coisas Sem Sentido”, de Sandro Aguilar, “As Ondas”, de Miguel Fonseca e “Solo”, de Mariana Gaivão.

Restless Future - Programa Português em Dresden

Restless Future - Programa Português em Dresden

17.04.2013

A Agência da Curta Metragem apresentará um programa dedicado à curta-metragem portuguesa intitulado “Restless Future” na próxima edição do Filmfest Dresden, que se realizará de 16 a 21 de Abril na Alemanha.

Este programa, que será composto pelos filmes REMAINS de Sandro Aguilar, O QUE ARDE CURA de João Rui Guerra da Mata, 31 de Miguel Gomes e RAPACE de João Nicolau, será apresentado por um representante da Agência e pretende abordar a vitalidade do Cinema Português que, através da curta-metragem, tem vindo conquistar as mais exigentes audiências dos mais prestigiados festivais de cinema do mundo.