T.D.

(Transmissão Directa do Relógio da Igreja Matriz de Vila do Conde, 2008)

A imagem e o som do mecanismo do relógio da Igreja Matriz de Vila do Conde foram levados por cabos de vídeo e som com mais de 300 metros até ao Solar de S. Roque, numa transmissão directa, difundida nos seus espaços em múltiplas projecções. O elemento central desta exposição, o antigo relógio, degradado e inactivo há várias décadas (desde que começou a ser utilizado um sistema eléctrico), foi objecto de uma recuperação integral estando já em funcionamento na torre da igreja. Esta transmissão directa não foi alvo de qualquer registo vídeo, pelo que as imagens projectadas e os sons que as acompanhavam ofereciam-se apenas em tempo real.

João Penalva Vídeos 1998-2007 O programa paralelo à exposição incluiu a apresentação de um conjunto de vídeos do artista realizados ao longo da última década, entre os quais O Sineiro, O Rouxinol Branco e O Rugir de Leões que foram apresentados em Portugal pela primeira vez, em versões legendadas em português. As duas sessões foram exibidas no Auditório de Serralves, na Cinemateca Portuguesa e no Auditório Municipal de Vila do Conde. Ver programa

Comissariado: José Nuno Rodrigues, Mário Micaelo Organização e produção: Curtas Metragens CRL Consultor Técnico: Rafael Ortega Equipa de Produção: Davide Freitas, Pedro Cardoso, Jorge Barbosa Apoios e Divulgação: Hugo Ramos, Raquel Moreira Alto Patrocínio: Câmara Municipal de Vila do Conde, Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes Parcerias: Fundação de Serralves, Cinemateca Portuguesa, Paróquia de Vila do Conde Design gráfico: R2 design

© 2017 Curtas Vila do Conde