O trabalho de Nicolas Provost situa-se entre a ficção e o documentário, entre o grotesco e o comovente, a beleza e a crueldade, inscrevendo-se num espaço de fronteira que separa as dualidades. As suas obras provocam e estimulam tanto o reconhecimento como a alienação e conseguem cativar-nos, jogando com as nossas próprias expectativas, na descoberta do mistério e da abstracção. Através da manipulação do tempo e da forma, processa-se a análise da linguagem cinematográfica e das suas possibilidades narrativas, potenciando o ênfase e alterando o sentido: extraordinário é explicado de forma a revelar o global.

Comissariado
Dario Oiveira, Nuno Rodrigues
Organização
Curtas Metragens CRL
Equipa de Produção
Davide Freitas, Jorge Barbosa, Pedro Cardoso
Apoios e Divulgação
Hugo Ramos, Raquel Moreira
Imprensa
Carolina Medeiros
Colaboradores
Adriana Rodrigues, Sofia Reis
Design Gráfico
R2 design
Alto Patrocínio
Câmara Municipal de Vila do Conde, Ministério da Cultura, Direcção-Geral das Artes
Apoio
Instituto Português da Juventude

© 2017 Curtas Vila do Conde