Gabriel Abrantes

Gabriel Abrantes, nascido em 1984, estudos de pós-graduação em Belas artes, Le Fresnoy, Studio national d’arts contemporains, Tourcoing, França, 2007-2008; Programa de intercâmbio, Belas artes, L’École National des Beaux-Arts, Paris, FR, 2005; Bachelor Fine Arts, Cooper Union for the Advancement of Science and Art, Nova Iorque, EUA, 2002-2006. Exibe regularmente o seu trabalho em museus como a Tate Britain (Londres), o Palais de Tokyo (Paris), o MIT List Visual Arts Center (Boston), o Museu Serralves (Porto) e o Kunst-Werke (Berlim). Teve mais de uma dúzia de exposições individuais em museus e galerias e participou de dezenas de exposições coletivas. Em 2016, foi um comissionado da Bienal de São Paulo (Brasil) e em 2014 do Biennal d’Image Mouvement - Centre d’Art Contemporain de Genébra (Suíça). Os seus vídeos são exibidos regularmente em festivais, cinemas comerciais e na televisão. Recebeu prémios em festivais internacionais de prestígio, como a Berlinale e o Locarno Film Festival. Vive e trabalha em Nova Iorque e Lisboa. A relação de Gabriel Abrantes com a Curtas Metragens CRL tem já um historial longo, com várias participações na competição nacional do Curtas Vila do Conde, recebendo uma menção especial por Fratelli, em 2011, e pela realização de Baby Baby Costa Rica, uma coprodução Curtas Metragens CRL e Mutual Respect, no âmbito do projeto Estaleiro, também em 2011.

Ben Rivers

Ben Rivers, nascido em 1972, é um artista e cineasta que vive em Londres. Ganhou recentemente o segundo Prémio EYE Art Film Prize 2016, o Prémio Internacional de Crítica FIPRESCI, 68º Festival de Cinema de Veneza para a sua primeira longa-metragem Two Years At Sea; e o Baloise Art Prize, Art Basel 42. O seu trabalho é exibido em numerosos museus, galerias e festivais em todo o mundo. A sua última longa-metragem, The Sky Trembles and the Earth is Afraid e os dois Olhos não são Irmãos, teve estreia no Festival Internacional de Cinema de Locarno. Entre 1995 e 2005, coprogramou a Cinemateca de Brighton. Ben Rivers é um dos autores do Curtas Vila do Conde, selecionado várias vezes e vencedor da competição experimental, com Ah, Liberty!, em 2008, em exposição com Bem Russell na Solar – Galeria de Arte Cinemática, com Ruins/Rites/Runes, em 2015, participa este ano na competição internacional com a curta-metragem Urth.

© 2018 Curtas Vila do Conde