Lúcia Prancha

Lúcia Prancha, nascida em 1985, Coruche, Portugal, recebeu o seu MFA pela CalArts - California Institute for the Arts, Los Angeles, em 2015, depois da sua licenciatura em Pintura pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa, em 2009, e o mestrado em Poéticas Visuais pela ECA, Universidade de São Paulo, Brasil, em 2012. 

Lúcia explora as tensões entre estética, percepção e política repensando episódios históricos e sociais através de vídeo, escultura e materias impressos. O seu trabalho foi exposto na Fundação de Serralves, Porto, Portugal; Galeria Leme, São Paulo, Brasil e Galeria Baginski, em Lisboa, Portugal. Em 2013, foi beneficiária de uma bolsa de estudo com a duração de dois anos pela Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD). Em 2016, a sua curta Sebastião, o Fantasma, foi exibido nos Les Rencontres Internationales Nouveau Cinema e Arte Contemporânea em Paris, no Haus der Kulturen der Welt, em Berlim; e no 24º Curtas Vila do Conde - Festival Internacional de Cinema de Portugal. Em Maio de 2017 terminou um ano de residência artística na Jan van Eyck Academie, Maastricht, Holanda. 

© 2018 Curtas Vila do Conde