SURPRESAS

Paulo Patrício
2018, mixed media, dimensões variadas

Aqui se encontra o antes, o durante e uma possibilidade de filme, no caso, “Surpresa” (2017). Encontram-se peças soltas que foram de imediato descartadas, algumas que serviram de intervalo, outras que são devaneios, que até podem ter servido para alguma coisa, mas ninguém se lembra muito bem para quê ou porquê. Desajeitadas, acessórias e duvidosas por natureza, e por isso mesmo, não é suposto serem vistas. Entre experiências, recuos e falhanços, eis a nu os filmes que se fazem quando se faz um filme. Em suma, um filme que não o é. Várias surpresas.




Paulo Patrício
Nasceu em Angola, passou por muitos lugares e faz, literalmente, trinta por uma linha. De longe a longe, faz as malas e anda em digressão a desenhar ao vivo, por Portugal, mas também pelo Brasil. Tem dias em que está entretido a fazer desenho gráfico, noutros vira-se para o vídeo mapping, mas às tantas fica meio desorientado e dá-lhe para a animação. Tem desenhos, ilustrações, bandas desenhadas e textos em inúmeras publicações portuguesas e estrangeiras. Integra com regularidade exposições coletivas. Além de “Surpresa”, tem em preparação uma nova curta-metragem animada intitulada “O Teu Nome É”.

© 2018 Curtas Vila do Conde