André Cepeda nasceu em Coimbra em 1976. Actualmente vive e trabalha no Porto. Foi colaborador dos Encontros de Fotografia de Coimbra (1991-1994), requentou o curso de fotografia da École des Art d’Ixelles de Bruxelas (1995-1996), assim como o curso de Artes Visuais na Escola Secundária Soares dos Reis (1996-1997), trabalhou como técnico de laboratório e no departamento de digitalização do arquivo fotográfico do Centro Português de Fotografia, no Porto (1997-1999), fez um estágio com o Guilhaume Geneste, “La chambre Noire”, Paris, (1998), de técnicas de impressão, foi convidado para participar no Workshop para jovens fotógrafos, ASEF, Singapore (2002) e actualmente é responsável pelo tratamento e digitalização das imagens do projecto www.anamnese.pt (2003-2006). Expõe regularmente desde 1999, ano em que frequentou a residência de artista no Espace Photographique Contretype de Bruxelas. Em 2001 recebe duas relevantes encomendas: a primeira no âmbito da programação do Porto 2001 - Capital Europeia da Cultura, pelo Centro Português de Fotografia/MC, e uma segunda para os Encontros de Imagem, pelo Museu da Imagem de Braga. Torna-se bolseiro do Centro Nacional de Cultura em 2002, e, já em 2003, volta a frequentar uma residência de artista, desta feita em Viseu, na António Henriques Galeria de Arte Contemporânea. Está representado em diversas colecções públicas e privadas. Exposições individuais: Moving, Solar – Galeria de Arte Cinemática, Vila do Conde, 2006; Galeria Ad Hoc, Vigo, Espanhã, 2006; Anacronia, KGaleria, Lisboa, 2006; Osíris - Galeria Municipal, Caldas da Rainha, 2005; Espace Photographique Contretype, Bruxelas, Bélgica, 2005; Jungle, Espaço Bartolomeu 5, Lisboa, 2005; Viseu, António Henriques Galeria de Arte Contemporânea, Viseu, 2004; Lost, Maus Hábitos – Espaço de Intervenção Cultural, Porto, 2004; Closer, Galeria + Consigo, Coimbra, 2004; Oficina, Espaço Alternativo da Galeria Fernando Santos, Porto, 2003; Anacronia, Galleri Image, Aarhus, Dinamarca, 2002; Corpo, tempo, desejo e morte, Galeria Massa, Porto e Vulcão dos Capelinhos, Açores, 2002; Pontes, lugares e antropologia, Silo - Espaço Cultural, Matosinhos, 2001; Anacronia, Encontros de Fotografia de Coimbra, Coimbra, 2000. Exposições colectivas (selecção): Creators of European Photography, Photo Festival Union, Lodz, Poland, 2005; Desenhar Discurso: Digressões sobre uma urbanidade disruptiva, Bienal de Cerveira, 2005; Extensão do olhar, uma antologia visual da fotografia portuguesa contemporânea, Colecção da Fundação PLMJ, Centro de Artes Visuais, Coimra, 2005; Re-produtores de sentido, Arte Sesc, Rio de Janeiro, Brasil, 2004; E no princípio era a viagem, Bienal de Pontevedra, Pontevedra, Espanha, 2004; Pingyao International Photographic Festival, China, 2003; Colecção Caixa Geral de Depósitos, Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporâneo, Badajoz, 2003; Salão Europeu de Jovens Criadores, Montrouge/Sant Cugat/Amarante, 2003.

© 2017 Curtas Vila do Conde