waterfall

waterfall

waterfall

waterfall

frame by frame

frame by frame

frame by frame

frame by frame

A 14ª edição do Curtas Vila do Conde teve oficialmente início com a inauguração de duas exposições na galeria Solar. "Frame by Frame" e "Waterfall" eram os seus títulos e foram concebidas por dois dos cineastas em foco este ano no Festival, Peter Tscherkassky e Apichatpong Weerasethakul. "Frame by Frame" foi, a todos os níveis, um evento absolutamente inédito. Encomenda de Vila do Conde ao realizador austríaco, esta foi a primeira exposição mundial que Tscherkassky alguma vez concebeu. A Solar recebeu então um projecto cuja estrutura está fortemente ligada ao próprio processo de trabalho do cineasta: fragmentos da sua obra estarão desmontados ao longo de uma série de caixas de luz que, dispostas pelo espaço de exibição, funcionarão como quadros. Já a instalação "Waterfall", que também esteve em exposição na Galeira de Arte Cinemática, encomenda do Curtas Vila do Conde, foi mostrada em estreia mundial no Festival. Filmado na selva tailandesa em Maio passado, "Waterfall" continua a saga dos ambientes tão queridos ao autor do magnífico Tropical Malady, onde esboços de narrativas, de rupturas e de abstracção transitam entre si desconstruindo progressivamente o conceito de sequência, esboçando antes de concretizar. Inesperado e sugestivo, "Waterfall" é uma proposta extrema pela sua liberdade e misteriosa pela paisagem, um lugar desconhecido de onde nos veêm imagens, como num gesto pictórico.
 
Comissariado: Dario Oliveira e Nuno Rodrigues Organização e produção: Curtas Metragens CRL, Nuno Rodrigues, Mário Micaelo, Miguel Dias, Dario Oliveira, Luís Urbano Equipa de Produção: David Freitas, Pedro Cardoso, Pedro Maia, Jorge Barbosa Apoios e divulgação: Hugo Ramos e Inês Aleixo Apoio: Câmara Municipal de Vila do Conde

© 2017 Curtas Vila do Conde