A Noite

A Noite

História Trágica com Final Feliz

História Trágica com Final Feliz

Kali, O Pequeno Vampiro

Kali, O Pequeno Vampiro

Tio Tomás, A Contabilidade dos dias

Tio Tomás, A Contabilidade dos dias

Purpleboy

Purpleboy

Sessões de Cinema

Teatro Municipal e escolas

M14 (Ensino Secundário e Superior)

Duração: 52’

A Noite
Regina Pessoa, Portugal, 1999, ANI, 6′35″
É a história de uma criança e da sua mãe, duas vidas solitárias que não comunicam entre si. Essa solidão por vezes atinge a dimensão da noite. Escura é a noite. Escura é a mãe. E escuro se torna todo o universo quando se está só e desamparado.

História Trágica Com Final Feliz
Regina Pessoa, Canadá, Portugal/França, 2005, ANI, 7′46″
Há pessoas que, contra a sua vontade, são diferentes. Tudo o que desejam é serem iguais aos outros, misturarem-se deliciosamente na multidão. Há quem passe o resto da sua vida lutando para conseguir isso, negando ou tentando abafar essa diferença. Outros assumem-na e dessa forma elevam-se, conseguindo assim um lugar junto dos outros... no coração.

Kali, O Pequeno Vampiro
Regina Pessoa, Canadá/Portugal/França/Suíça, 2012, ANI, 9′20″
Esta é a história de um rapaz diferente dos outros, que sonha em encontrar o seu lugar ao sol. Tal como a lua passa por diferentes fases, também o Kali tem de enfrentar os seus medos e demónios interiores para, no final, encontrar a passagem para a luz. Um dia ele vai desaparecer... ou talvez seja apenas mais uma fase de mudança.

Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias
Regina Pessoa, 2019, Portugal/Canadá/França, 2012, ANI/DOC, 13′
A partir das memórias afetivas e visuais da minha infância, este filme pretende ser uma homenagem ao meu tio Tomás, um homem humilde e um pouco excêntrico que teve uma vida simples e anónima. Com este filme eu gostaria de testemunhar como não é preciso ser-se alguém. para se ser excecional na nossa vida.

PurpleBoy
Alexandre Siqueira, Portugal/França/Bélgica, 2019, ANI, 13’55’’
Oscar é uma criança que germe na horta dos seus pais. Ninguém sabe o seu sexo biológico, mas ele reivindica o género masculino. Um dia, Óscar vive uma extraordinária mas dolorosa aventura num mundo autoritário e opressivo. Conseguirá ele ter o reconhecimento de identidade que tanto deseja?

© 2020 Curtas Vila do Conde